Você já vestiu os desafios do envelhecimento?

No domingo de inauguração da Longevidade Expo+Fórum, fiz pela primeira vez da minha vida, aos 60 anos, uma intervenção de moda “desfilando” por alguns corredores da feira, desafiando assim as provocações que o envelhecimento me proporciona.


O que você faria se uma amiga e parceira de negócios te convidasse para “desfilar” em um evento da longevidade? Pois é, foi o que aconteceu comigo, que sem titubear encarei a brincadeira ante o convite de Suely Tonarque, autora do livro recém lançado pela Portal Edições “Vestir com os desafios do Envelhecimento”. O jogo começou quando desenhávamos a programação do relançamento do livro no evento pelo Portal do Envelhecimento.

Suely é uma amiga querida desde quando fazia seu mestrado em Gerontologia Social pela PUC-SP e era minha aluna. Na ocasião trabalhava no mundo da moda que, na época, estava muito distante do “mundo da velhice”. Já na ocasião Suely indagava se os preconceitos, estigmas e a discriminação – tão presentes na sociedade atual, em vários âmbitos da vida daquele que envelhece – estariam ainda presentes entre nós. Perguntava como a relação moda/velhice era concebida pelos que respondem pela moda ou a criam. Foi a busca por respostas a estas indagações que a levou à sua pesquisa e, consequentemente, à publicação do livro.

Fim de mestrado e fim de trabalho. O que fazer? Lhe disse, – Su, reinvente-se, e assim ela fez, montou junto com sua querida irmã, que vim a conhecer depois, a Duda, e assim montaram a marca duda by duda, na Vila dos Louros, na Vila Madalena em São Paulo. Duda é a grande artista, desenha e cria modelos belíssimos, com estilo, que vestem minha velhice. Fui uma das primeiras a desfilar no meu dia a dia pelas ruas de São Paulo com seus modelitos.

Ora, se na moda a velhice é “invisível”, inexistente, na Longevidade Expo+Fórum ela é a protagonista, e com muito orgulho posso dizer que a brincadeira de hoje foi muito divertida, claro que meio estabanada, espontânea, mas gosto de coisas assim, afinal, eu estava lá – assim como todas as colaboradoras do Portal do Envelhecimento -, para expor minha velhice num  corpo cheio de curvas, quadrado e muito desobediente, mostrar que brincar de moda também está na moda aos 60 anos. Então, o que você está esperando? Passe lá no stand do Portal do Envelhecimento amanhã ou terça, quem sabe a brincadeira não se repita?

E de quebra passar pelo Stand Aura 60+ e ainda ser clicada com uma claquete na mão…Vamos, se jogue, e venha continuar esta brincadeira comigo!

Te espero lá, também para torcer junto com o Portal do Envelhecimento/Espaço Longeviver, para que este seja um dos três selecionados entre as 10 startups finalistas da II Chamada de Negócios da Longevidade. Mas esta é outra brincadeira, bem mais séria, mas tão divertida quanto a outra.

Serviço

Confira a programação de segunda (dia 30/09) e terça (dia 01/10), lembrando que durante o evento os cursos ofertados pelo Espaço Longeviver estão com 50% de desconto. No evento há sorteios de livros, todos os dias.

Beltrina Côrte

Beltrina Côrte

Jornalista, Especialização e Mestrado em Planejamento e Administração do Desenvolvimento Regional, Doutorado e Pós.doc em Ciências da Comunicação pela USP. É docente da PUC-SP. Coordena o grupo de pesquisa Longevidade, Envelhecimento e Comunicação. CEO do Portal do Envelhecimento, Portal Edições e Espaço Longeviver. Integrou o banco de avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – Basis/Inep/MEC até 2018. Integra a Rede Iberoamericana de Psicogerontologia (Redip) e a Red Iberoamericana Interdisciplinar de Investigación en Envejecimiento y Sociedad (RIIIES). E-mail: beltrinac@gmail.com

beltrinacorte escreveu 32 postsVeja todos os posts de beltrinacorte