Then Came You, comédia romântica retrata o luto

Tempo de Leitura: 4 minutos

O filme, tipo sessão da tarde, narra a história de dois viúvos que estão em meio ao luto e que de maneira romântica mostra como se pode lidar com este sentimento.


Um filme despretensioso, mas de uma beleza encantadora, de encher os olhos e acalentar a alma e o espírito, vale muito a pena se deleitar com suas imagens. Mesmo se você já esteve na Escócia, mate a saudade de suas lindas paisagens. A que abre e fecha o filme ficará para sempre na sua memória, experimente.

O enredo é de Kathie Lee Gifford e flerta um pouco com sua vida pessoal, pois Kathie ficou viúva em 2015 e sua personagem no filme, Annabelle, torna-se viúva e leva as cinzas do marido para viajar pelo mundo. A primeira parada é na Escócia, a razão você descobrirá no final.

Annabelle, 67 anos, americana de Nantucket, a famosa ilha citada por Herman Melville em Moby Dick, reserva um quarto por meio de um aplicativo. Seu anfitrião é um lord falido que mora em um verdadeiro castelo, mas já não dá conta de pagar pela manutenção do casarão. Howard (Craig Fergunson), 58 anos, conta apenas com a ajuda de um amigo de mesma idade, Gavin (Ford Kiernan), para manter o castelo de pé. Esses três personagens, Annabelle, Howard e Gavin, dominarão a cena, com destaque para os dois primeiros. O elenco é isso, enxutíssimo.

Howard, num ato precipitado, está de casamento marcado com Claire, a bela e rica Elizabeth Hurley, 55 anos, na esperança que ela injete dinheiro na propriedade, mas ela só está interessada no seu título de nobreza e assim que conseguir acabará de enterrar Howard no seu decadente castelo, mas aí chega Annabelle (Then Came You).

O filme é de extrema leveza e exuberante paisagem, atores e atrizes se divertem com a ideia de divertir o público. Mesmo quando erram, usam da experiência para brincar com suas falhas e seguem em frente. São antes de tudo cantores e apresentadores de TV, suas reais profissões, por isso improvisam, cantam e dançam na alegria e na tristeza.

Ah, tem um cachorrinho que aparentemente roubaram do belga Tintim. Tudo é de uma beleza incrível, das sete milhões de ovelhas às infinitas tonalidades de verde captadas inclusive por meio da água do lago no qual Annabelle e Howard vão pescar mosquitos. Outra imagem que ficará na sua memória.

Howard e Annabelle tem algo em comum, são viúvos e estão em meio ao luto, para superar contam com Gavin nas personas de aliado, mentor e pícaro, ator magnífico que preenche as lacunas de um elenco reduzido que se torna piada pronta, a equipe de Howard formada por ele mesmo, no mais são figurantes e convidados, uns sequer abrem a boca, outros só abrem para beber e cantar.

Bom, o propósito de Annabelle é dar a volta ao mundo, aparentemente eram seus planos, dela e do marido, mas com morte repentina dele, uma queda de uma escada na qual subia e descia há mais de 30 anos em sua loja de ferragens, ela resolve seguir com os planos carregando suas cinzas acondicionadas em uma caixa de chocolate. Annabelle só conhecia o mundo por meio dos filmes e sua intenção é rodar por 20 países a partir da Escócia.

Curioso, Annabelle viaja com a mala vazia – certamente uma referência ao vazio interior –, mas pretende preenchê-la durante a viagem. E vai às compras. Troca de figurino seguidamente. Aos 67 anos exibe um corpo de 20 até Howard invadir sua privacidade e descobrir que usa cinta modeladora (spanx). Annabelle mente, diz que não usa spanx e explica: não quero ficar mais presa a nada.

Mel Gibson não atua no filme e tampouco é escocês, mas por ter feito Coração Valente, passando-se por um, é motivo de piada o tempo todo. Howard odeia esse filme e pede segredo para Annabelle. Ela, por sua vez, odeia Moby Dick e espera que Howard também guarde segredo. Segredos são fáceis de lidar, difícil é lidar com a verdade, diz Howard que esconde informações de Annabelle com medo de decepcioná-la.

O processo de luto se completa quando os dois se entregam ao som de Wiskey and Wine, música-tema do filme, excelente, de autoria da própria Gifford e do cantor/compositor Brett James que faz uma ponta cantando em um pub para deixar Howard enciumado.

Para finalizar o luto, a caixa de chocolate com as cinzas de Fred se lança no espaço. Final feliz com festa na vila, o filho de Howard e a tia de 86 anos, cupido do casal, presentes, e a noite de núpcias em uma cabana na árvore, verdadeiro cartão postal. Tudo remete a filmes, atores e atrizes pelos quais Annabelle e Howard odeiam ou são apaixonados.


https://edicoes.portaldoenvelhecimento.com.br/cursos/

Mário Lucena

Mário Lucena

Jornalista, bacharel em Psicologia e editor da Portal Edições, editora do Portal do Envelhecimento. Conheça os livros editados por Mário Lucena.

mariolucena escreveu 66 postsVeja todos os posts de mariolucena