Tecnosenior, atendendo as necessidades dos idosos

A Tecnosenior desenvolve sistemas de monitoramento e comunicação na área de Emergência Pessoal, também conhecida como Teleassistência. A Tecnosenior importa, adapta e desenvolve produtos para atender as necessidades dos idosos.

 

Em 2011, durante um jantar de Thanksgiving, na Califórnia, 4 amigos decidem iniciar uma empresa unindo suas experiências e conhecimentos de Tecnologia com Gerontologia: Gerontecnologia. Esta área pouco conhecida no Brasil, mas muito presente no Vale do Silício (EUA), abrange estudos, experimentos e produtos inovadores para idosos. Um mercado em expansão com muitas oportunidades.

O significativo envelhecimento da população brasileira com crescente número de idosos morando sozinhos, a carência de opções para cuidar dos idosos em casa e a longa vivência em gestão de residencial geriátrico definiram o foco de atuação em Sistemas de Resposta para Emergência Pessoal (PERS – Personal Emergency Response Systems).

Inspirados pelo sucesso desta tecnologia nos Estados Unidos e na Europa, surge a Tecnosenior em 2012, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, por Gilson Esteves, engenheiro eletrônico e empreendedor apaixonado por soluções tecnológicas, que queria criar mais uma empresa inovadora.

As ideias e entusiasmo de Gilson Esteves contagiaram os americanos Ken Paul e Steven Brunasso, especialistas em TI e negócios. Esmeralda Kiefer, especialista em Gerontologia Social e diretora de residencial geriátrico, completou o quarteto.

A fim de conhecer um pouco mais o que faz a Tecnosenior, o Portal do Envelhecimento entrevistou Esmeralda Kiefer e Gilson Esteves.

Em que consiste a Tecnosenior?

A Tecnosenior desenvolve sistemas de monitoramento e comunicação na área de Emergência Pessoal também conhecida como Teleassistência. A Tecnosenior importa, adapta e desenvolve produtos para atender as necessidades dos idosos. Nosso objetivo é fazer com que o idoso consiga pedir ajuda em qualquer situação de risco (queda, mal estar, acidente, desorientação), tanto dentro de casa como na rua.

O que vem a ser esse sistema de monitoramento?

É um sensor em forma de Botão que o idoso usa junto ao corpo, como pulseira ou pingente. Em caso de emergência, ele pressiona este Botão. Automaticamente, uma chamada é enviada para a Central de Monitoramento 24 horas. O atendente abre o canal de voz e consegue conversar com o idoso para saber qual a situação. Imediatamente, o atendente segue o Plano de Ação previamente cadastrado, contatando familiares ou pessoas próximas que possam socorrer o idoso. Rapidez no contato e agilidade de resposta são essenciais numa situação de emergência pessoal. A Teleassistência proporciona segurança para o idoso e tranquilidade para seus familiares.

Qual é o conceito de envelhecimento que fundamenta a Tecnosenior?

O monitoramento de Emergência Pessoal auxilia a manter a autonomia do idoso, com maior segurança, pois acreditamos no “aging in place”.  Através da tecnologia, atendemos ao maior desejo dos idosos: envelhecer na sua própria casa. Também os familiares ficam mais tranquilos, sabendo que existe o cuidado mesmo quando estão à distância.

Em que a Tecnosenior se diferencia de outras empresas semelhantes existentes no mercado, especialmente na região onde atuam?

Somos uma empresa de tecnologia que cria soluções B2B. O consumidor final é atendido por nossas revendas e empresas parceiras. Em 2018, lançamos o Contactto, sistema de atendimento de alarmes criado para receber chamados de emergência enviados por equipamentos de monitoramento pessoal.  O Contactto se destina a empresas que querem ter sua própria central de monitoramento sem precisar investir em infraestrutura de TI.

Qual foi a maior dificuldade encontrada? E hoje?

Como o mercado de Teleassistência era desconhecido no Brasil, enfrentamos várias dificuldades no início da empresa: a) pesquisar e escolher fabricantes americanos que acreditassem no potencial brasileiro; b) adaptar os equipamentos para ter as mensagens de voz em português; c) certificar os produtos junto aos órgãos reguladores. Hoje, os maiores desafios são: 1) conscientizar o idoso e sua família sobre a importância do intervalo de tempo entre sofrer uma emergência pessoal e conseguir pedir ajuda.  Quanto maior a demora, muito maior é o dano à saúde do idoso; e 2) sensibilizar empresas e profissionais de saúde para ampliar o número de usuários dos sistemas e produtos Tecnosenior.

Quais são os projetos para o futuro?

A inovação está no DNA da Tecnosenior. Investiremos em IoT (Internet das Coisas), desenvolvendo inteligência artificial para objetos do dia a dia. Ou, como diz o escritor David Rose, “dissolver a tecnologia no tecido da vida diária”. E, assim, ampliar soluções para as demandas da população idosa.

Serviço

A Tecnosenior está localizada em Porto Alegre (RS): Ten. Cel. Fabrício Pilar, 770 / 404, CEP 90450-040

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2418 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento