Suécia inaugura primeiro asilo gay

Batizado de Arco-Íris, o primeiro asilo LGBT da Suécia está localizado no centro da capital, Estocolmo. Cerca de 40 aposentados entre gays, lésbicas, transexuais e bissexuais já mudaram para a residência, de acordo com o portal de notícias RFI.

Nelson Neto/MixBrasil * Foto: facebook-Jeanne Magazine

 

suecia-inaugura-primeiro-asilo-gayUm dos fundadores do abrigo, Christer Fällman, diz que o aspecto central dessa iniciativa sueca foi criar não um asilo de luxo para aposentados gays ricos, e sim um ambiente confortável pelo qual qualquer aposentado possa ter condições de pagar. Além da proposta de criar um espaço onde os idosos da comunidade gay possam conviver com pessoas que compartilham os mesmos interesses e valores.

O preço básico pelo aluguel de um apartamento no asilo é de seis mil coroas suecas por mês, o que equivale a cerca de dois mil reais. De acordo com o diretor do asilo, qualquer sueco que receba a aposentadoria pública do Estado pode pagar um apartamento ali.

Até a realeza do país parabenizou a criação de um espaço dedicado à terceira idade gay. A rainha Sílvia da Suécia, que é filha de brasileira, não pôde participar da inauguração, que ocorreu no dia 27 de novembro, pois estava em viagem no Brasil, mas enviou um vaso de flores da Corte Real sueca.

O asilo tem 27 apartamentos, que têm entre 44 e 70 metros quadrados. São apartamentos de um, dois ou três quartos. A cozinha é comunitária e no terraço existe um salão para atividades, eventos e festas. No andar térreo do edifício funcionam ainda um centro médico e um salão de cabeleireiro, além de um restaurante.

De acordo com Christer, membros mais jovens da comunidade gay já estão entrando na fila para garantir uma vaga no asilo no futuro.

Fonte: MixBrasilCentral. Acesse Aqui  em 28/11/2013

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2406 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento