Sobre o mercado de consumo para a terceira idade

Este Blog tem como proposta apresentar aprendizados e dividir informações, acontecimentos, pensamentos, opiniões e ideias sobre o mercado de consumo para a terceira idade. O convite é para interagir e discutir sobre esses temas.

 

Olá!

Este é meu primeiro texto sobre o mercado de consumo para a terceira idade no Portal do Envelhecimento. Vou então aqui me apresentar e também o que pretendo seguir escrevendo.

Sou Ana Gabriela Sturzenegger Michelin, nascida em 1975, na cidade de Campinas. Lá cresci e vivi com meus pais e duas irmãs até os 18 anos, quando vim para São Paulo fazer faculdade e começar minha vida profissional. Me formei em publicidade e propaganda pela FAAP e fiz MBA em marketing pela ESPM. Durante o período de faculdade comecei a trabalhar com pesquisa de mercado, no grupo Ibope. Depois de formada passei por alguns institutos de pesquisa e empresas, somando experiências também em marketing e inovação de produtos e serviços, o que me dão hoje uma bagagem de 20 e poucos anos de trabalho.

Além da vida profissional, foi em São Paulo que construí minha família. Com 24 anos me casei, com 26 anos tive meu primeiro filho. Me separei, com o filho ainda pequenino. Com 36 anos respirei fundo e recomecei: me casei novamente. Com 38 e 40 tive outros 2 filhos. Nesse momento dei uma pausa nos 20 e poucos anos de trabalho no mercado corporativo, e entre fraldas e mamadeiras, desejei voltar novamente à vida acadêmica, indo em busca de um mestrado que me abrisse novos horizontes de aprendizados e profissionais.

Vale aqui um parêntese para recapitular sobre o envelhecimento em minha vida: a velhice me foi apresentada através de minha bisavó, que me dava um colo gostoso, carinhos cheios de amor, que me contava suas histórias e me chamava de SantaLindaDaVó. De fato, não poderia ter tido melhor primeiro contato com essa fase da vida. Já na adolescência tinha o hábito de visitar uma ILPI (ainda chamada de asilo na época), o que era estranho para uma adolescente, mas eu assim fazia, e gostava. Era um lugar lindo, tranquilo, cheio de verde e de velhinhos e velhinhas que me recebiam tão bem. Quando adulta e profissional, me intrigava as pesquisas de mercado investigarem somente pessoas de até 60 anos, no máximo. Esta é a prática até hoje, o que nos mostra a distância das empresas com os consumidores idosos – e este será o assunto do meu próximo texto.

Fui em busca dos cursos de mestrado em São Paulo que me trouxessem o novo e que pudessem conversar com meus conhecimentos. Quando encontrei o mestrado em Gerontologia Social na PUC SP tudo fez sentido para mim. Não tive dúvidas de que era esse meu novo caminho. Me envolveria emocionalmente, intelectualmente e profissionalmente, com toda certeza. Me tornei Mestre em setembro de 2017, com um projeto nota 10, o que só me confirmou que este era o caminho certo.

O tema de meu trabalho de mestrado foi “O estado da arte sobre o mercado de consumo para a terceira idade”, ou seja, um grande estudo e levantamento sobre todos os projetos acadêmicos realizados entre 2006 e 2016 no Brasil que tratam sobre o mercado de consumo para os 60+. O grande aprendizado que já divido por aqui é que temos muito o que evoluir compreendendo os 60+ como consumidores, que crescem em quantidade, que têm desejos e necessidades específicas e que principalmente são múltiplos, como indivíduos e como consumidores.

Todo conhecimento proveniente destes estudos foi agrupado em 9 diferentes temas que são: o aumento da demanda, desenvolvimento de produtos, novas tecnologias, serviços específicos, propagandas, mídias, uso de produtos, direito, varejo/ PDV, todos com foco nos idosos e no envelhecer. E é sobre cada um desses temas que vamos mergulhar nas próximas escritas, considerando o que já foi pesquisado e incluindo entrevistas com profissionais do mercado e com consumidores em geral, idosos ou não.

Além de todo esse conteúdo, durante os dois anos de mestrado muitas ideias surgiram, de diferentes áreas de atuação, de diferentes caminhos e interações. Aos poucos também contarei mais sobre cada novo projeto aqui, mas já vale citar sobre “Histórias Contadas” – que é a produção de um livro com a escrita biográfica de idosos que queiram ter sua história de vida registrada, como um presente para os filhos, ou dos filhos para este idoso. Tem também o “Vamos Combinar” – projeto de educação infantil que contempla uma coleção de livros infantis que falam sobre o velho, a velhice e o envelhecer de uma forma direta, com um olhar mais inclusivo, próximo e sem preconceitos. Além do “Raízes” – projeto de consultoria junto com indústrias e empresas que queiram trabalhar e ter um olhar próprio para os consumidores 60+.

Portanto, a proposta é escrever aqui sobre aprendizados e dividir informações, acontecimentos, pensamentos, opiniões e ideias sobre o mercado de consumo para a terceira idade.

Meu convite é que possamos interagir e discutir sobre esses temas.

Meu desejo é que vocês gostem e se interessem em construir uma sociedade em que o idoso faça parte e tenha possibilidades de interação e ação, como todos, respeitando seus limites e necessidades especificas.

Olho para isso e vejo muito trabalho! Que venha 2018!

 

Ana Gabriela S Michelin

Ana Gabriela S Michelin

Ana Gabriela S Michelin – publicitária pela FAAP, com MBA em marketing pela ESPM e mestre em Gerontologia Social pela PUC SP. É CEO da empresa www.raizes.etc.br. E-mail: gabi@gabimichelin.com

anamichelin escreveu 3 postsVeja todos os posts de anamichelin