Saiba como controlar o colesterol

Tempo de Leitura: 4 minutos

O consumo de fitoesteróis associado a uma dieta equilibrada, que contenha frutas e hortaliças, e a adoção de hábitos de vida saudáveis e atividades físicas, auxilia na redução da absorção de colesterol. Uma dieta rica em fibras como, por exemplo, a vegetariana, pode proporcionar até 400 mg/dia de fitoesteróis.


A grande mídia vem repetindo que uma vida sedentária e maus hábitos alimentares podem levar ao infarto, acidente vascular cerebral (AVC) e outras doenças graves do coração. Tambem vem divulgando dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) que apontam que, nas últimas décadas, das 50 milhões de mortes, as doenças cardiovasculares (DCV) foram responsáveis por 30% delas, ou seja, 17 milhões de pessoas.

A OMS estabeleceu como meta a redução de 25% das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), dentre elas as doenças cardiovasculares, até 2025. O Brasil apresenta índices igualmente alarmantes, de 30% de mortes por DCV dentre todas as outras causas relacionadas a essas doenças. Os especialistas nos dizem que o nível máximo de colesterol aceitável na corrente sanguínea é de 199 mg/dl. Acima disso é considerado colesterol alto.

De acordo com Riva Dimitrov, diretora médica do Negócio de Farmacêuticos Estabelecidos da Abbott no Brasil, é importante conhecer conceitos como o colesterol bom e ruim e saber como administrá-los. Ela explica que o colesterol é uma gordura produzida pelo fígado, que também pode ser ingerida na alimentação. A gordura saturada é uma das causas do colesterol alto. Segundo a médica, além da adoção da prática regular de exercícios, consumir alimentos ricos em fitoesteróis é uma maneira eficaz de prevenir e controlar o LDL, também conhecido como colesterol ruim, segundo a médica.

Nem todo colesterol é ruim

O HDL (lipoproteína de alta densidade), também conhecido como bom colesterol, ajuda a equilibrar o colesterol ruim, o LDL (lipoproteína de baixa densidade), carregando-o das artérias ao fígado.

Assim como toda gordura, o colesterol é insolúvel em água e precisa ser transportado aos tecidos dentro de partículas, sendo as principais o LDL e o HDL. 70% do colesterol presente no nosso organismo é sintetizado pelo fígado e 30% vem da dieta.

O LDL carrega o colesterol do fígado para o corpo, podendo acumular o colesterol ruim nas células e artérias (de cor laranja mais claro na ilustração, preso às paredes das artérias).

E o que são os fitoesteróis?

São substâncias gordurosas semelhantes ao colesterol, produzidas pelas plantas e presentes em óleos vegetais, sementes, grãos, frutas e hortaliças. Os fitoesteróis competem com o colesterol consumido na dieta e diminuem a absorção intestinal do colesterol ruim, o LDL. Os fitoesteróis também aumentam a excreção desse colesterol pelas fezes.

“O consumo de fitoesteróis associado a uma dieta equilibrada, que contenha frutas e hortaliças, e a adoção de hábitos de vida saudáveis e atividades físicas, auxilia na redução da absorção de colesterol. Uma dieta rica em fibras como, por exemplo, a vegetariana, pode proporcionar até 400 mg/dia de fitoesteróis”, recomenda Riva. Os efeitos aditivos de fitoesteróis são comparáveis à redução de LDL-colesterol, obtida quando se dobra a dose da estatina, medicamento comumente usado para o controle do colesterol alto.

Estudos mostram, porém, que há baixa ingestão de fitosteróis por parte da nossa população. Na cidade de São Paulo, por exemplo, um estudo revelou uma média de consumo de 100 mg/dia por pessoa, o que coloca o brasileiro com consumo mais baixo que o observado em vários países europeus e da América do Norte.

Dicas para uma alimentação equilibrada

a) Faça pelo menos três refeições (café da manhã, almoço e jantar) e dois lanches saudáveis por dia. Não pule refeições.

b) Inclua diariamente seis porções do grupo de cereais (arroz, milho, trigo, pães e massas), tubérculos como as batatas, e raízes, como a mandioca nas refeições. Dê preferência aos grãos integrais e aos alimentos em sua forma mais natural.

c) Coma diariamente pelo menos três porções de legumes e verduras como parte das refeições e três porções ou mais de frutas nas sobremesas e nos lanches.

d) Coma feijão com arroz todos os dias ou, pelo menos, cinco vezes por semana. Esse prato brasileiro é uma combinação completa de proteínas e bom para a saúde.

e) Consuma diariamente três porções de leite e derivados e uma porção de carnes, aves, peixes ou ovos. Retirar a gordura aparente das carnes e a pele das aves antes da preparação torna esses alimentos mais saudáveis!

Dicas para um estilo de vida saudável

a) É importante manter seu peso controlado para evitar a obesidade ou sobrepeso, pois eles podem causar diabetes e outras doenças crônicas que prejudicam a sua saúde.

b) Evite o consumo excessivo de sal e de gorduras de origem animal.

c) Consulte um nutricionista ou médico para receber instruções mais detalhadas sobre uma dieta saudável. Seu coração agradece.

d) Evite o sedentarismo. Pratique atividades físicas regularmente. A prática de trinta minutos diariamente de uma atividade física como caminhada, por exemplo, já é um bom começo para sair do sedentarismo.

e) Antes de praticar qualquer atividade física, consulte seu médico.

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3730 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento