Do Rio de Janeiro até a Rússia, Música e Dança, e Por Que Não?

Nada de valsas, danças lentas ou quem sabe um pas-de-deux. Direto de uma reportagem da rede de televisão do SBT, somos apresentados a uma turma com mais de 60 anos que envelhece cada qual do seu jeito, como todos nós e, ainda enfrenta as mudanças inevitáveis da vida, mas dessa vez para muito melhor.

 

 

do-rio-de-janeiro-ate-a-russia-musica-e-danca-e-por-que-naoA hora é de alegria e nada como usar e abusar de um ritmo frenético, movimentado e para lá de sensual, o Hip Hop. Bem, estamos na cidade do Rio de Janeiro com uma dança (um tanto diferente) e um grupo especial, animadíssimo e em plena forma.

Isso é viver, tirando o máximo proveito das experiências, dançando, movimentando, direto dos guetos para a terceira idade. Entrando no clima, esse grupo que se resolve pela arte da dança e da animação, entra no clima, de corpo, alma e até figurino. De dar inveja a muitas escolas de dança!

Aos 73 anos, Armando é o único homem da turma e rei das acrobacias. Ele diz que se sente superando limites sempre. Para ele fazer uma coisa nova é sempre um desafio: “Estou melhor do que eu estava e isso é que é importante”.

Tem até quem arrisque um passo do treme-treme, James Brown, e até o Moonwalk do Michel Jackson. Tudo muito divertido, descontraído e feito com grande amor na alma e carinho no corpo. Outro exemplo, dentre tantos, é Maria Molina. Ela conta que sofreu de depressão forte e síndrome do pânico por anos. Hoje, retomou as atividades normais do dia a dia e curte os momentos de dança.

O grupo tem seis anos e é composto por 280 idosos. Para entrar não precisa preencher fica, basta ter 60 anos e garantir muita animação, criatividade e um “bom rebolado”, diz a reportagem.

Agora saímos do Rio de Janeiro e viajamos até a Rússia, ainda em ritmo de música e dança. Assim conhecemos “O Buranovskiye Babushiki” ou Vovós de Buranovo.

O lindo grupo foi selecionado na competição russa com a música “Festa para Todo Mundo”, uma mistura de ritmos tradicionais, música dance e palavras em inglês. Estas senhoras vem da região das montanhas do Ural, a leste de Moscou, e venceu outros 24 concorrentes. A mais velha delas tem 75 anos, um recorde para o Eurovision.

A final do Eurovision acontece em maio, na cidade de Baku, no Azerbaijão. O grupo vai competir com participantes da União Europeia e outros países como Israel. E, para vencer, terão que conquistar uma audiência de milhões de pessoas.

Com tanta animação, figurino e competência, alguém tem dúvida de que elas farão bonito na competição. Fiquemos de olho!!!

Referências

VÍDEO (2012). Grupo de hip hop da terceira idade impressiona no RJ. Disponível Aqui. Acesso em 23/03/2012.

VÍDEO (2012). Grupo de avós representará Rússia em festival de música europeu. Disponível Aqui. Acesso em 18/03/2012.

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2103 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento