Reciclázaro e OLHE comemoram mais uma formatura do curso de Cuidadores de Idosos

Tempo de Leitura: 6 minutos

O curso, que teve ao todo 96 horas de aula, foi ministrado pelos professores do Observatório da Longevidade Humana e Envelhecimento – OLHE e teve como objetivo principal trabalhar a sensibilização, transmitindo habilidades e valores focados na solidariedade humana e cidadania que possibilitam ao cuidador cuidar melhor de si, ampliando essa prática para a pessoa idosa.

Alessandra Anselmi / texto e fotos

 

reciclazaro-e-olhe-comemoram-mais-uma-formatura-do-curso-de-cuidadores-de-idososRealizado entre 18 de junho a 03 de setembro de 2012, através da parceria firmada entre o OLHE e a Associação Reciclázaro e com o apoio da Support/Danone, o curso faz parte do programa “Cuidar é Viver” – um programa de apoio, formação e capacitação de Cuidadores de Idosos e foi dividido em partes práticas e teóricas.

Ao final do curso, os 21 alunos puderam também visitar duas instituições, a Casa Simeão – centro de acolhida especial com capacidade para atender 180 idosos do sexo masculino, em situação de rua e vulnerabilidade social com o objetivo de preparar os idosos para a autonomia pessoal e social e visitaram também a Vila dos Idosos do Pari, um empreendimento habitacional para pessoas com mais de 60 anos.

A Associação Reciclázaro

Associação fundada há treze anos pelo Padre José Carlos Spinola se credenciou como uma das organizações não governamentais mais bem estruturadas para atender homens e mulheres em situação de rua na cidade de São Paulo. Das 10 mil pessoas vivendo nestas condições, segundo dados oficiais da prefeitura, 900 passam diariamente pelas unidades da Reciclázaro, ou seja, cerca de 10% da população de rua da capital paulista integram algum programa de reinserção social desenvolvido pela ONG.

reciclazaro-e-olhe-comemoram-mais-uma-formatura-do-curso-de-cuidadores-de-idososCompareceram ao evento na Paróquia São Domingos Sávio parentes e amigos para homenagearem os novos cuidadores de idosos.

Marília Berzins, coordenadora e professora do Curso de Cuidador de Idosos – deu início à cerimônia agradecendo a presença de todos: “essa cerimônia tem como propósito registrar o processo que começou no mês de junho e terminou agora em setembro. Foram 96 horas de aula, de vivência prática e nada mais justo que celebrar esse momento tão especial na vida de cada um de vocês e para nós do OLHE é uma alegria imensa poder compartilhar deste instante com vocês. Nós agradecemos também a presença dos familiares, dos amigos, de todos os convidados enfim que vieram prestigiar essa turma que se forma hoje com louvor”.

Para Regina Pilar G. Arantes, Presidente do OLHE: “hoje eu estou aqui como presidente do OLHE, venho substituir Ingrid Mazeto e espero honrar esse lugar que agora ocupo como presidente, mas minha mensagem mais importante nesse momento é parabenizar a todos por mais essa etapa vencida e desejar também que possam fazer um bom uso de tudo aquilo que foi ensinado a vocês durante o curso e levarem para o exercício dessa belíssima função de Cuidador de Idosos”.

O Padre José Carlos Spinola, pároco da São Domingos Sávio e fundador da Reciclázaro também cumprimentou os alunos, dizendo: “quero começar parabenizando a perseverança, a dedicação, o esforço de cada aluno e de cada aluna, que eu sei que muitas vezes chegaram aqui cansados mas se mantiveram firmes nessa importante caminhada, quero agradecer também à Marília Berzins, à Regina Pilar Arantes, toda à turma do OLHE, todos os professores que são pessoas muito especiais porque ajudam as outras pessoas a cuidarem com carinho e respeito das pessoas idosas, quero agradecer à Léa Mara Nascimento e Andrea Poscai aqui da Reciclázaro e, dizer a todos vocês que estão recebendo um certificado que com certeza os torna muito aptos para o mercado de trabalho”, concluiu José Carlos Spinola.

Após o juramento oficial conduzido pelo padre, a Assistente Social da Reciclázaro, Andrea Poscai encerrou os agradecimentos comentando: “tenho certeza que essa é a profissão do futuro como muitas vezes foi dito aqui, mas principalmente é a profissão do futuro de vocês e dos idosos que vocês vão cuidar”.

reciclazaro-e-olhe-comemoram-mais-uma-formatura-do-curso-de-cuidadores-de-idososOs formandos

Para a formanda Gilvanete Campos de Souza, 53 anos que estava acompanhada pela filha Mariana de 12 anos: “decidi fazer o curso depois que eu passei pela experiência de cuidar da minha sogra e de minha tia, e agora talvez para o futuro eu possa trabalhar como cuidadora. Antes de fazer o curso eu não sabia de muita coisa e aqui eu aprendi muitas técnicas de como cuidar dos idosos, conhecer mais sobre as doenças, sobre os medicamentos… eu quero trabalhar como cuidadora primeiro porque eu gosto de cuidar e também para ter uma maior qualidade de vida e agora com o diploma eu acredito que vai ser mais fácil eu conseguir um emprego”.

reciclazaro-e-olhe-comemoram-mais-uma-formatura-do-curso-de-cuidadores-de-idososAndréa Maria Assan Machado Abreu, 46 anos e a mãe Maria do Carmo Proença Assan, 71 fizeram juntas o curso de Formação de Cuidadores de Idosos e compareceram na cerimônia de formatura acompanhadas pelo filho e neto Maurício Assan Machado Abreu de 18 anos e pela avó e mão Lúcia Proença de 92 anos. Para Andréa – que também foi oradora da turma, o curso foi surpreendente: “eu pensava que seria dado aqui no curso, algo mais simples, não achava que fosse tão completo… as informações que tive aqui não são úteis apenas para o cuidado com os idosos, mas para o cuidado das pessoas em geral, tudo que aprendemos durante o curso serve para nosso dia a dia, para cuidar de nossos familiares e amigos”. Depois de ter feito o curso Andréa pensa até em projetos futuros com ILPI´s: “Por que não? Só na minha família, tem tantos idosos e vai ter ainda mais que eu penso hoje seriamente na possibilidade de um empreendimento nesse segmento. Com o amor que eu sempre tive, com as informações que tivemos aqui e com a crescente demanda por serviços como esses, eu começo a pensar nessa opção”.

Para a sua mãe e também formanda Maria do Carmo Proença Assan, que trabalha na área da saúde como voluntária há 32, o curso complementa toda a sua grande experiência com cuidados: “Sabe, nessa minha vida de cuidados – sim, porque 32 anos lidando com trabalho social, isso é uma vida -, eu tive muitos ensinamentos e, fazer o curso me ajudou a ter essa valorização profissional no que antes eu via apenas como social”, afirma Maria do Carmo Proença Assan.

Dna. Lúcia Proença, 92 anos fez questão de prestigiar filha e neta, juntamente com Maurício Assan Machado Abreu, de 18 anos, filho de Andréa -, ambos estavam muito orgulhosos e felizes: “eu que cuidei da minha sogra, falecida aos 66 anos com Alzheimer, sempre achei que a maior qualidade para cuidar é a paciência, hoje vejo que a paciência é muito importante, mas o conhecimento também é”, finaliza Dna Lúcia.

reciclazaro-e-olhe-comemoram-mais-uma-formatura-do-curso-de-cuidadores-de-idososLindinalva Souza Nyerges, 32 anos: “eu já trabalho com idosos há 6 anos, trabalho com um casal em sua residência e, por conta desse gostar que eu sempre tive na minha função eu decidi por me profissionalizar… eu já havia feito um curso anteriormente, mas não era profissionalizante, era um curso de 24 horas, e vim fazer este curso para ter o diploma e fiquei maravilhada com tudo que aprendi sobretudo as aulas de finitude que fala sobre a morte e as vivências práticas foram para mim, as melhores”.

 

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3670 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento