Psiu melhora atendimento a idosos em ILPIs

Tempo de Leitura: 3 minutos

Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) já podem contar com um novo sistema de comunicação visual que oferece atendimento mais seguro e eficaz, chamado de Psiu. O produto utiliza transmissores individuais sem fio, pendurados como crachás, para que o idoso, em caso de necessidade, acione enfermeiros ou cuidadores com o simples toque de um botão. O número do transmissor é exibido em um display eletrônico, ao mesmo tempo em que emite um alarme, avisando o funcionário da instituição sobre a solicitação.


O Psiu foi idealizado por José Rubens de Almeida, proprietário da Casa do Instalador. Com mais de dez anos de experiência no desenvolvimento e distribuição de soluções de segurança eletrônica, Almeida explica que “comparado às campainhas já existentes em instituições e hospitais, que ficam localizadas próximas à cama do paciente, o Psiu apresenta diferenciais que podem ser determinantes em momentos de emergência, quando minutos valem uma vida”.

Por possibilitar agilidade no atendimento a chamados urgentes, o sistema transmite tranquilidade para o idoso ou paciente. O sistema proporciona, ainda, o aperfeiçoamento no atendimento de forma geral. “Qualquer solicitação poderá ser atendida de forma mais rápida e eficaz, seja o pedido por um copo de água ou um cobertor, por exemplo. Tudo isso gera mais conforto e bem-estar para o idoso ou paciente”, explica Almeida.

O uso do sistema permite também um acompanhamento gerencial, pois ele é capaz de registrar as visitas aos quartos feitas por enfermeiros em rondas noturnas. “Após a visita em um determinado quarto, o enfermeiro aciona o botão do transmissor, que poderá estar ao lado da cama ou com o próprio idoso. Esta visita aparece no display eletrônico e é registrada no relatório gerado pelo sistema”, diz Almeida. “Assim, a administração pode monitorar o desempenho dos funcionários da instituição e garantir a excelência no atendimento”, completa.

Anvisa

Uma resolução da Anvisa, instituída em 2005 (RDC 283), regulamenta as normas de funcionamento para instituições de longa permanência que recebem idosos. Nela, está a obrigatoriedade da existência de campainhas de alarme por meio das quais o idoso possa chamar um funcionário da equipe.

Para Andrea Mazzelo Nora, diretora administrativa da Acallanto Clínica de Retaguarda Hospitalar, que já possui o Psiu instalado em suas dependências, “O problema da campainha fixa ao lado da cama é que, com ela, o idoso ou paciente está limitado a pedir ajuda somente enquanto está no quarto”, cita “Nas clínicas de repouso e em instituições para idosos e pacientes de média e alta complexidade, como a nossa, existem várias áreas de convivência. O paciente não fica só no quarto. Nós temos um solário, jardins, e o uso do Psiu possibilita que o pedido de ajuda aconteça rapidamente, de qualquer área do estabelecimento”.

A diretora da Acallanto conta que há muitas vantagens: operacionais, custo mais baixo e instalação mais rápida, se comparado aos sistemas de campainhas fixas existentes no mercado. Diz ainda que decidiu pela aquisição do produto após pesquisar bastante sobre outras alternativas: “Todas tinham custo mais elevado e demandavam obras estruturais para a instalação. Já o Psiu foi instalado em apenas um dia”, diz Andrea.

Origem

O produto teve sua origem no Psiu Garçom, o qual foi desenvolvido para agilizar o atendimento a clientes em restaurantes, bares, pizzarias e lanchonetes. De acordo com seu criador, José Rubens de Almeida, o sistema pode ser adaptado para atender a necessidades específicas de cada empresa, sendo alvo de constantes estudos, que buscam novas aplicações e utilizações, com disponibilidade para atender clientes em todo o país. Segundo ele, “continuamos investindo em pesquisas e tecnologia, para tornar o Psiu acessível a um número cada vez maior de instituições e estabelecimentos e gerar cada vez mais conforto e segurança aos seus usuários”.

Informações

Maiores informações podem ser obtidas diretamente no telefone (55) 11 2737.7687 ou no site da empresa: Aqui

Fonte: Vervi Assessoria e Comunicações – [email protected]

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3790 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento