Promotoria da Paraíba implementa ações para dar mais qualidade de vida aos idosos

Tempo de Leitura: 3 minutos

“Já resgatei vários idosos vivendo em péssimas condições. Na maior parte dos casos, o idoso fica sendo mantido vivo com um mínimo de condições, enquanto alguém desfruta do seu cartão de aposentado. Houve um caso, em que ao chegar na residência do idoso, constatamos que ele era colocado o dia todo em uma rede, próximo a uma janela.

 

 

E boa parte do dia ele ficava no sol. Reclamava, mas ninguém o tirava daquele local”. É o que afirmou o promotor de Justiça Fernando Antônio Andrade em notícia publicada no portal Paraíba, em que anuncia visitas a idosos da região.

A Promotoria de Coremas, Paraíba, em parceria com a Pastoral do Idoso da Igreja Católica e de agentes de saúde do Município, vai visitar 1.702 idosos que moram nas zonas rural e urbana da cidade, para constatar, in loco, as necessidades de cada um, fazer um diagnóstico e implementar ações que visem dar qualidade de vida a esses idosos. Três equipes foram formadas pelo promotor de Justiça Fernando Antônio Andrade que se responsabilizarão pelas visitas a pouco mais de 560 idosos, cada equipe.

Esta iniciativa da cidade de Coremas, notícia publicada no portal Paraíba, em 1o. de setembro, é uma importante estratégia de prevenção para a longevidade. Para tal é necessário monitorar a vida desses idosos. De acordo com o promotor de Justiça de Coremas, “os casos que necessitar de resgate, o serviço será feito e, se for o caso, o idoso será institucionalizado”. Para os que precisarem de acompanhamento médico, o promotor verá como o Posto do Programa de Saúde da Família mais próximo poderá dar essa assistência. A intenção do Ministério Público com essas visitas é envolver a população para que fique atenta ao tratamento dado aos idosos.

Esta ação pode, inclusive, detectar depressão em idosos, a qual pode levar à morte ou até a assassinato, como foi o caso de um casal de idosos encontrado morto dentro de casa no Mato Grosso do Sul. De acordo com notícia publicada no Portal r7 no dia 31/8, dizem que há indícios que o homem tenha matado a mulher e depois atirado contra si próprio, por conta de problemas depressivos.

Maus tratos devem aumentar

A Organização Mundial da Saúde, OMS, informou que maus tratos a pessoas idosas deverão aumentar com o crescimento desta faixa etária, nos próximos anos. No Brasil, a previsão é de 58 milhões de idosos até 2040, segundo texto publicado na Radio Agência ANP.

Os dados fazem parte de pesquisas da OMS compiladas no site da agência da ONU. Atualmente, até 6% dos idosos entrevistados sofreram algum tipo de mau trato dentro de casa. Com a tendência de dobrar o número de pessoas na terceira idade, a OMS espera que o problema da violência contra os idosos aumente.

Em Minas Gerais cresce número de denúncias contra idosos. É o que diz a reportagem publicada no jornal Diário de Pernambuco, em 1 de setembro, mostrando números registrados pelo Disque Direitos Humanos (0800 031 1119). De acordo com o levantamento, o serviço recebeu 828 denúncias de crimes contra idosos nos primeiros oito meses deste ano. O número é 14% superior ao alcançado no mesmo período de 2010, quando 725 pessoas recorreram ao serviço para relatar crimes contra idosos. O Disque Direitos Humanos é um serviço gratuito e sigiloso, que recebe denúncias de todo o Estado e também presta orientações sobre assuntos relacionados às violações dos direitos humanos.

A reportagem alerta para outro tipo de violência cometida contra os idosos e que é muito difícil de ser identificada. Trata-se da violência psicológica, uma realidade vivida por muitos idosos do país, todos os dias, dentro dos ônibus, nas filas de bancos e dentro das próprias famílias. Este tipo de violência raramente é denunciada por meio do Disque Direitos Humanos.

Leia a íntegra Aqui / Aqui / Aqui /Aqui

 

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3824 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento