Primeiro Departamento de Gerontologia do Brasil é criado pela UFSCar

O Conselho Universitário (ConsUni) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) aprovou no dia 13 de abril a criação do Departamento de Gerontologia, no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). A nova unidade será o primeiro departamento acadêmico em universidades brasileiras dedicado especificamente a essa área do conhecimento. Sua criação é decorrente da implantação, em 2009, do curso de graduação em Gerontologia, no âmbito do Reuni (Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais), do Governo Federal.

 

 

primeiro-departamento-de-gerontologia-do-brasil-e-criado-pela-ufscarA atual coordenadora do curso e uma das principais responsáveis por sua criação, Sofia Cristina Iost Pavarini, relata que a preocupação da UFSCar com questões ligadas ao envelhecimento da população está presente desde a década de 1980, quando a Universidade, de forma pioneira no País, criou a primeira disciplina obrigatória relacionada à saúde dos idosos. “Naquele momento, ainda não se falava em envelhecimento populacional. Hoje, a população brasileira envelhece em ritmo acelerado e precisamos de ações específicas para essa faixa etária, bem como pensar nas consequências desse envelhecimento. A criação do curso de graduação em Gerontologia já foi uma ação ousada da Universidade, que contou com a experiência dos docentes do curso de Enfermagem. Sinto um imenso orgulho com a criação do Departamento de Gerontologia, o primeiro dentro de uma universidade brasileira, e fico feliz que o ConsUni tenha sido sensível a essa questão. Hoje foi plantada uma semente de crescimento muito significativa para o futuro da UFSCar e do Brasil”, celebra a professora.

Com um departamento próprio, a expectativa é de que a área de Gerontologia expanda sua atuação em ensino, pesquisa e extensão e, inclusive, possa oferecer disciplinas para vários outros cursos da Universidade. “A questão do envelhecimento deve permear a formação de profissionais em várias áreas e queremos permitir que isso aconteça. Temos apenas três anos, mas já estamos colhendo muitos frutos, recebendo demandas para realização de projetos de pesquisa e extensão até mesmo no cenário nacional. Ainda somos um grupo pequeno, mas com muito entusiasmo, desejo de crescer e de fortalecer uma atuação que apoie as pessoas que estão envelhecendo e suas famílias”, afirmou Pavarini.

José Eduardo dos Santos, Diretor do CCBS, também destacou o envolvimento da área com o sistema público de Saúde e a importância da criação do Departamento para a qualidade do profissional a ser formado. “Ao longo desses três anos de curso, foi sendo formado um núcleo docente estruturante, com identidade em relação à área, o que é fundamental à garantia da identidade do profissional a ser formado e, também, do próprio formador. Esse grupo já tem inserção ativa na Universidade e, também, no Sistema Único de Saúde do município de São Carlos, os alunos já estão estagiando em equipamentos de Saúde da cidade.”

Gerontólogo

O curso de graduação em Gerontologia da UFSCar foi o primeiro a ser criado em uma universidade federal brasileira e, no País, foi precedido apenas por curso implantado na Universidade de São Paulo em 2005. A primeira turma irá se formar no início de 2014.

O gerontólogo é um profissional preparado para pensar o envelhecimento dos pontos de vista biológico, psicológico e social, podendo atuar como gestor, consultor e integrante de equipes de Saúde. Segundo dados do IBGE, a população de pessoas com 60 anos ou mais praticamente dobrou nos últimos 30 anos e representa hoje quase 10% dos brasileiros. A previsão é que em 2050 cerca de 30% da população esteja nessa faixa etária.

Saiba Mais

primeiro-departamento-de-gerontologia-do-brasil-e-criado-pela-ufscarPara saber mais sobre a graduação em Gerontologia consulte a revista Kairós, da Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde, da PUC-SP. Em seu Caderno Temático V. 4 (2009) o tema abordado foi Graduação em Gerontologia: Desafios e Perspectivas, no qual há um artigo intitulado “Gerontologia como profissão: o projeto político-pedagógico da Universidade Federal de São Carlos”, escrito por Sofia Cristina Iost Pavarini, Elizabeth Joan Barham e Carmen Lúcia Alves Filizola. Esse caderno está totalmente disponível pois seu acesso é gratuito e online: Disponível Aqui 

Referências

PlanetaUniversitário. UFSCar cria primeiro Departamento de Gerontologia do Brasil. Disponível Aqui. Acesso em 23/4/2012

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2103 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento