Prevenção em relação à Gripe A

Tempo de Leitura: 3 minutos

Portugal – A Associação Amigos da Grande Idade – Inovação e Desenvolvimento, atenta às notícias mais recentes e pela percepção transmitida por centenas de amigos que tem por todo o País, aconselha todos os serviços destinados a pessoas idosas a implementarem medidas de Contingência e prevenção em relação à Gripe A.


A gripe é diferente do resfriado e de outros quadros respiratórios mais leves. A característica principal da gripe é o aparecimento de febre com temperatura maior que 38 graus Celsius (ºC), sintomas respiratórios (tosse, dor na garganta e outros) e sintomas gerais, como cefaleia, fadiga e dores no corpo. A grande maioria dos casos de gripe é leve e cura-se espontaneamente. Entretanto, em algumas situações, particularmente nos grupos mais vulneráveis, ela pode evoluir para casos graves, necessitando atenção médica imediata.

Na verdade e não podendo afirmar que a situação atual é muito semelhante à de outros períodos em que o estado Português lançou uma extraordinária companha de prevenção e contingência com um investimento muito significativo, estamos perante um número de situações conhecidas já preocupante!

Também julgamos que independentemente de existir alarme social, devemos trabalhar permanentemente na prevenção, pelo que a distribuição de informação e de alguns materiais de desinfecção nos locais que prestam serviços a pessoas idosas não deixa de ser aconselhável.

Qualquer pedido de informação poderá ser enviado através do nosso email estando disponíveis para recolher informação, partilhar e transmitir.

A Direção aconselha a reativação imediata das medidas básicas de proteção, contra a gripe em todas as organizações que cuidam de idosos. As medidas de vacinação são para ser cumpridas por parte dos colaboradores e dos Idosos em acompanhamento tal como refere a Direção Geral da Saúde. A Direção da associação no seu compromisso social com a sociedade, vai manter atenção aos relatórios internacionais e vai publicar de forma frequente na sua página. Para ficar atualizado, acesse Aqui.

Medidas básicas

Uma boa maneira de aumentar a proteção contra a gripe é a adoção de medidas de higiene pessoal, como lavar as mãos várias vezes ao dia e proteger a tosse e o espirro com lenço descartável ou na dobra do cotovelo. Veja a seguir as recomendações da Associação:

  • Proteger o nariz e boca com lenço de papel quando tossir ou espirrar.
  • Jogar o lenço de papel após a sua utilização única em recipientes próprios, de preferência já embrulhado em saco de plástico.
  • Lavar as mãos com água e sabão ou soluções à base de álcool com frequência, especialmente após tossir ou espirrar.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes. Se estiver doente com gripe, fique em casa e limite o seu contacto com outros.

Observe o vídeo que a Associação disponibilizou no youtube: Aqui

Brasil

No País, a campanha de vacinação de 2013 contra a gripe do Ministério da Saúde ainda não começou, mas a partir deste ano ela passa a incluir no público-alvo pessoas que têm algumas doenças crônicas não transmissíveis e outras condições que possam favorecer o surgimento de casos graves.

Seguindo recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil elegeu como grupos prioritários os idosos, as crianças menores de dois anos, as gestantes, os profissionais de saúde, os indígenas, as pessoas privadas de liberdade e, a partir de agora, as mães até quatro semanas após o parto e os portadores de doenças crônicas. A existência de doenças crônicas ou de algumas condições prévias são fatores de risco quando associadas com a infecção pelo vírus da gripe, situação chamada de comorbidade.

No ano passado, a recomendação durante a campanha foi para que as pessoas nessas condições se dirigissem aos 48 centros de Referência de Imunobiológicos Especiais (Cries) existentes no Brasil. Agora, esse grupo vai poder tomar a vacina em qualquer uma das 35 mil salas de vacina do Sistema Único de Saúde (SUS), bastando apresentar um atestado médico. Cerca de 6 milhões de pessoas devem se beneficiar com a descentralização.

O objetivo da campanha de vacinação contra a gripe é proteger os grupos mais vulneráveis, reduzindo os casos graves e óbitos. Seguindo recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil elegeu como grupos prioritários os idosos, as crianças menores de dois anos, as gestantes, os profissionais de saúde, os indígenas, as pessoas privadas de liberdade e, a partir de agora, as mães até quatro semanas após o parto e os portadores de doenças crônicas.

A gripe é diferente do resfriado e de outros quadros respiratórios mais leves. A característica principal da gripe é o aparecimento de febre com temperatura maior que 38 graus Celsius (ºC), sintomas respiratórios (tosse, dor na garganta e outros) e sintomas gerais, como cefaleia, fadiga e dores no corpo.

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3805 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento