Perda auditiva é comum, mas muitas vezes ignorada

Os pesquisadores analisaram dados de 715 idosos, cuja audição havia sido examinada durante a Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição, em 2005-06, a primeira vez em que se incluiu a avaliação auditiva de americanos mais velhos.

 

 

Dentre as pessoas acima de 70 anos, 63 por cento sofriam alguma deficiência auditiva que afetava sua habilidade de escutar a fala humana, segundo a definição da Organização Mundial da Saúde.

A perda auditiva se mostrou mais comum em homens do que em mulheres, e significativamente menos comum em adultos negros: apenas 43 por cento, frente a 64 por cento dos brancos.

Mesmo assim, apenas uma minoria dos idosos com essa deficiência usa aparelhos auditivos, segundo o Dr. Frank R.

Lin, professor-assistente de otologia na Escola de Medicina da Universidade Johns Hopkins, em Baltimore, e principal autor do estudo, publicado na última segunda-feira em “The Journal of Gerontology: Medical Sciences”.

“Existe uma percepção geral de que a perda de audição em idosos não é algo muito importante”, disse ele.

Fonte: The New York Times, 11/03/11. Disponível Aqui

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2406 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento