Para não dizer que não deixei lembranças

Curta-metragem sobre o Lar Vicentino valoriza as histórias de vida dos idosos que residem no espaço e mostra o trabalho realizado pela instituição. Foi uma oportunidade de realizar uma atividade intergeracional com os adolescentes do projeto.

Thaís Teixeira Carvalho (*)


Para não dizer que não deixei lembranças é o título de um documentário que trata de lembranças, de uma viagem no tempo na vida dos moradores do Lar Vicentino de Assistência à Velhice, uma Instituição de Longa Permanência para Idosos no município de São Vicente, litoral de São Paulo. O documentário conta como ele foi realizado, como também nos instiga a indagar: lembranças do quê? De quem?

Por meio de histórias emocionantes e engraçadas, são detalhados momentos especiais dos idosos, que revelam seus sentimentos e viram personagens do cinema, durante uma sessão de fotos realizada no Lar Vicentino, um dos dois únicos serviços oferecidos em caráter de ILPI que tem convênio com o município para atender a demanda de vagas sociais, embora a cidade necessite muito mais do que isso.

O Lar Vicentino já efetua esse trabalho há mais de 30 anos com oferta de serviços especializados com uma equipe interdisciplinar e uma gama de voluntários que desenvolvem trabalhos importantes como: a criação de uma horta suspensa, a construção de uma sala de atividades socioeducativas, além da realização de eventos e passeios mensais. Este espaço conta com uma assistente social capaz de proporcionar diferentes vivências para os idosos, entre eles um projeto chamado “O Relicário”, com a fotógrafa Sibylla Ventura que foi tema para o curta-metragem realizado.

O responsável pelo curta-metragem realizado foi o Instituto Querô, ONG em Santos que oferece atividades de inclusão cultural com aulas de cidadania, através de oficinas de cinema. O Querô desenvolveu um curta-metragem sobre o Lar Vicentino, com objetivo de valorizar na ILPI e as histórias de vida dos idosos que residem no espaço.

Além de expandir o alcance sobre o trabalho realizado pela instituição e uma oportunidade ímpar de realizar uma atividade intergeracional com os adolescentes do projeto, a fim de reafirmar o compromisso do Instituto com o seu aspecto de contribuição para a cidadania dos mesmos. O curta-metragem conta com a direção de Gabrielli Barros e Nicole Vasconcelos e com a participação dos idosos do Lar Vicentino durante o ensaio fotográfico do projeto “O Relicário”.

(*) Thaís Teixeira Carvalho – Formada em Serviço Social e com pós-graduação em Projetos Sociais e Políticas Públicas e curso de extensão Fragilidades na Velhice: Gerontologia social e atendimento, promovido pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo no segundo semestre de 2019. Atua em uma ILPI, o Lar de Amparo ao Idoso e em um serviço de acolhimento, o Educandário Anália Franco. Interesse em seguir na área de gerontologia social. Texto escrito para o curso . E-mail: thaist.p@hotmail.com

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2652 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento