Orientação

Nota da equipe Portal

Também sou fisioterapeuta e trabalhei por 10 anos em UTI – fisio cardio respiratória. Temos uma diversidade de cursos de Especialização nesta área aqui em São Paulo. Agora se você pensa em seguir trabalhando com idosos é importante fazer a especialização em cardio pneumo mesmo. E no seu trabalho de conclusão de curso da graduação (publicar artigo) desenvolver um tema que tenha implicações com o envelhecimento populacional e a fisioterapia cardio respiratória. Em São Paulo temos mestrado na PUCSP – Unicamp – USP – Unifesp e um recente na USJT dentre outros, cursos na área da Gerontologia.
Boa Pesquisa!

 

Projeto Baguncitos

Queria agradecer demais, o Portal de vocês, que é referência, deu realmente um destaque muito legal para nosso trabalho. Obrigado mesmo! Grande abraço! Leonardo Labanca (Leléu palhaço) (Rio de Janeiro)

Só a fisioterapia resolve?

Vocês têm informações sobre uma clínica especializada em idosos? Necessito de fisioterapia
especializada para idosos e não sei onde encontrar. É interessante, você busca em clínicas de fisioterapia e ninguém faz esse tipo de terapia. Indicam as Universidades, mas todas são muito requisitadas e somente para o início do ano é que há escolha de casos para encaminhamento. O problema do papai é de tônus muscular. Ele fez uma cirurgia de hérnia inguinal e teve que ficar de repouso, sem caminhar, sem esforço físico. Isso acabou deixando-o em depressão. Aos poucos diminuiu a alimentação e emagreceu. Porém mais que emagrecer perdeu massa muscular. Com isso perdeu o equilíbrio e está inseguro para caminhar, andar sozinho, está um pouco instável. O que ocorre é que agora que melhorou da depressão tem receio de sair sozinho pra realizar suas atividades. Segundo o médico ele necessita de uma terapia para idosos, que ajude a fortalecer a musculatura, trabalhe o equilíbrio e a respiração, melhore o vigor total do organismo. Se essas informações ajudarem vocês a darem uma mãozinha. Grata mais uma vez. Beth Alves (São Paulo)

Nota da equipe Portal

Percebo que seu pai enfrenta o mesmo problema que muitos idosos aqui da cidade de São Paulo. A dificuldade em conseguir começar um atendimento especializado na área da saúde. Acredito que deve sim passar por essas triagens. No entanto, procure atividades voltadas a situações “extra doença”. A participação social em grupos da terceira idade ou intergeracional também é uma boa estratégia. Todos estes problemas físicos q você elencou podem ser melhorados e ele pode se beneficiar convivendo com outras pessoas da comunidade. Será que onde você está não tem alguma atividade já acontecendo na qual ele pode participar também? Essas atividades são desenvolvidas em clubes – ONGs – praças públicas – parques… A maioria da população vê a fisioterapia como a grande salvadora mas sabemos que também faz parte do dia a dia a atividade física voltada ao convívio social – interação social – pense nessa possibilidade!

Geriatras e especialistas gratuitos

Bom dia, ela gostaria de consultar com Geriatra e outros especialistas, consulta gratuita! Pois, nos postos de saúde não tem estes especialista! Ela também deseja saber aonde ela pode se cadastrar para receber medicamento em casa. Ela usa um medicamento de uso contínuo já há 4 anos. A doutora passou para ela tomar sempre, porque ela tem bronquite asmática (DPOC – Doença pulmonar obstrutiva crônica). E este medicamento é muito caro. Custa mais de R$100,00 e nós não temos condições para comprar sempre. Ela usa o FORASEQ 12MCG por 200MCG. Agradeço de antemão a atenção e a resposta de meu e-mail! Ronaldo (São Paulo)

Nota da equipe Portal

Respostas de dois especialistas da equipe:

1- Para cada medicamento há um protocolo de documentos e exames necessários e alguns
medicamentos só podem ser assinados por determinadas especialidades. Por exemplo, o formoterol, como é o caso consultado, pelo pneumologista, essa solicitação pode ser feita por médico do serviço público ou da rede conveniada ou particular sem problemas. Deve consultar a farmácia da prefeitura ou do centro de saúde da sua cidade para ver quem gerencia e quais os requisitos necessários para o quadro específico. Em São Paulo, Remédios Caros, no SUS, ver no Posto Várzea do Carmo, na Baixada do Glicério, telefone: 011- 3385 7000.

2- É importante que o paciente procure um Posto de Saúde mais próximo da sua casa e lá se informe em quais unidades têm o referido especialista. Geralmente na AME (Ambulatório Médico de Especialidade) tem vários profissionais das mais diversas especialidades. Nesses locais o paciente poderá entrar no programa Remédio em Casa da Prefeitura. Uma opção mais emergencial é a paciente procurar o AME Maria Zélia (Belenzinho/SP) após a ponte Vila Maria (sentido aeroporto de Guarullhos). Lá, além de Geriatria tem o remédio em casa. É importante sempre ressaltar ao paciente que o SUS é um atendimento universal. Com isso o paciente tem direito de passar por qualquer posto de saúde. Não aceitar a desculpa do atendente da unidade de saúde que a pessoa não se enquadra naquela região. É só a pessoa fazer uma carta solicitando o atendimento e entrar com uma liminar contra a Instituição em que ela está pleiteando atendimento que qualquer juiz irá dar parecer favorável.

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2611 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento