O relevante trabalho do cuidador

É bem comum as pessoas se preocuparem apenas com os cuidados básicos, como refeições, remédios, banho, descanso. Porém, o trabalho do Cuidador de Idosos é complexo, humanizado e de muita responsabilidade.

Lígia Carollo (*)

 

Com o aumento da expectativa de vida, o número de idosos tem aumentado consideravelmente e tende a aumentar cada vez mais. É natural que com esse aumento da expectativa de vida, alguns problemas de saúde podem surgir e prejudicar a autonomia e a autoestima do idoso, trazendo incapacidade física e tornando-o dependente em muitos aspectos. Consequentemente, isso gera aos familiares preocupações e cuidados aos quais muitas vezes se encontram despreparados, provocando ao idoso processo deletério à sua saúde. É nesse momento que muitas famílias buscam a ajuda de um cuidador.

A crescente necessidade de profissionais cuidadores para acompanhar e promover um melhor envelhecimento a partir de uma atenção mais aguçada quanto a melhorar a qualidade de vida dessa população idosa, está sendo cada vez maior.

O envelhecimento ativo tem como objetivo otimizar a oportunidade de uma vida saudável com participação, segurança e qualidade de vida da pessoa que está envelhecendo ou que necessita de cuidados, permitindo que esse idoso perceba seu potencial de saúde e bem-estar ao longo de sua vida.

Por que procurar esse tipo de profissional?

É bem comum as pessoas se preocuparem apenas com os cuidados básicos, como refeições, remédios, banho, descanso. Porém, o idoso também precisa de atenção em aspectos que vão além do bem-estar físico como qualquer outra pessoa.

Talvez por desconhecer todas as responsabilidades de um Cuidador de Idosos, muita gente ainda contrata pessoas sem preparo adequado para a função. Ou delega a um empregado doméstico o trabalho que seria de um cuidador. Mas até para tarefas que parecem simples existem técnicas mais apropriadas, que apenas um profissional qualificado será capaz de desempenhar, já que as atribuições estão muito além da rotina de cuidados com higiene e alimentação.

O trabalho do Cuidador de Idosos é complexo, humanizado e de muita responsabilidade.

Cuidador, um importante elo

O envelhecimento, quando acompanhado de limitações funcionais, exige uma atenção maior de uma equipe de saúde habilitada que vai reconhecer os distúrbios típicos de doenças, garantindo assim uma melhor assistência ao idoso debilitado de forma adequada junto às ações do cuidador que estará diretamente ligado à elas no proceder de seu trabalho com o idoso.

O cuidador tem um papel bastante importante que envolve vários aspectos de atenção e ação no cuidado, seja ele a partir de uma atividade física, desenvolvimento de alguma atividade de lazer ou até mesmo na comunicação o qual se apresenta como fator importante no processo de relacionamento interpessoal.

O cuidador passa a ser um importante elo entre o idoso, seus familiares e a equipe de saúde a qual atende esse idoso.

É importante que o profissional cuidador tenha curso de cuidador de idosos, realizado em instituição de qualidade e confiança, reconhecida pelo Ministério da Educação. Ser um cuidador de idosos é uma profissão que, como qualquer outra, exige conhecimento, padrões a serem seguidos e aperfeiçoamento constante.

O que o profissional cuidador de idosos faz?

Sempre em conformidade com a equipe multidisciplinar a qual atende ao idoso, as atitudes promovidas pelo cuidador se apresentarão de forma eficaz, pois este vai ajudar a estimular uma melhor qualidade de vida ao idoso através de diferentes atividades. Entre elas estão:

– Auxiliar em suas atividades de higiene pessoal e vestuário

– Administrar medicamentos, conforme orientação médica e da família
– Preparar e servir refeições

– Desenvolver e auxiliar o idoso em jogos cognitivos e atividades lúdicas

– Acompanhar o idoso em todas as atividades de interesse e necessidade: consultas médicas, passeios, caminhadas, compras, atividades socioculturais, viagens, comemorações em família, confraternizações e muito mais…

A funcionalidade se apresenta como um importante meio para a manutenção da independência dos idosos mediante as atividades da vida diária, interação com o ambiente, cognição preservada e bons níveis de saúde física. Ou seja, promove a qualidade de vida e a vida em sociedade.

Cuidador de Idosos é sem dúvida, um profissional importante, pois tem a função principal de zelar pelo bem-estar físico e emocional, além de ser responsável direto pela saúde, alimentação, higiene pessoal, educação, cultura, recreação e lazer da pessoa a ser cuidada.

 

(*) Lígia Carollo – Cuidadora de Idosos, cursou Portadores de Demência, Primeiros Socorros a Idosos e Cuidador de Idosos pela Cruz Vermelha Brasileira, Gestão Empresarial pela UNIP, Administração de Empresas pela USJT e Técnico em Contabilidade pelo Colégio Castro Alves. Presta assessoria, orientação no desenvolvimento e elaboração de Prestação de contas Tutela / Curatela. E-mail: ligiacarollo@hotmail.com

 

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2404 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento