Novas faces da vida nas ruas

Livro “Novas faces da vida nas ruas” trata sobre população em situação de rua. A coletânea tematiza a situação de rua na última década (2006-2016), a partir de diversas lentes: das histórias de seus moradores, passando pela assunção e construção política do Movimento Nacional da População de Rua e pelas intersecções entre rua e crack à luz dos diversos dispositivos de atenção, gestão e tratamento mobilizados contemporaneamente.

 

 

novas-faces-da-vida-nas-ruasEsta coletânea apresenta produções que tematizam a situação de rua na última década (2006-2016), a partir de diversas lentes: das histórias de seus moradores, passando pela assunção e construção política do Movimento Nacional da População de Rua e pelas intersecções entre rua e crack à luz dos diversos dispositivos de atenção, gestão e tratamento mobilizados contemporaneamente. Todos os textos são frutos de pesquisas originais, tecidos a partir do encontro visceral entre pesquisadores, pessoas em situação de rua e operadores de políticas. O intuito é ter a dimensão empírica e política da rua como central para pensar temas como o gerenciamento dos corpos e o controle de vidas nuas nas cidades.

“Novas faces da vida nas ruas” é o livro organizado por Taniele Rui (Unicamp e Cebrap), Mariana Martinez (UFSCar e CEM) e Gabriel Feltran (UFSCar e CEM) lançado pela editora da Universidade Federal de São Carlos, EdUFSCar. A coletânea tem 13 capítulos e cinco entrevistas com os cientistas sociais Marie-Ghislaine Stoffels e Philippe Bourgois, incluídos comentários.

Conteúdos

Entre os diversos temas do livro, destacamos os seguintes capítulos: Políticas de rua: Morte e Vida nas Ruas de São Paulo: A biopolítica vista do Centro; Da rua pra rua: novas configurações políticas a partir do Movimento Nacional da População de Rua (MNPR); Saberes e construção das políticas públicas: o caso dos moradores de rua em São Carlos/SP; No labirinto da gestão: desdobramentos do processo de transformação de moradores de rua de São Carlos em “usuários” da Assistência Social;

Interfaces entre Rua trata da Tutela e autonomia no governo dos pobres: passagens, tensões e polissemia numa ocupação de moradia no Rio de Janeiro; De vestígios e de poder: não adianta maquiar o minhocão, a cracolândia anda; Deus e o Diabo na Terra do Crack: A Missão Cristolândia na cracolândia e a cosmopolítica batista; O Consultório na Rua e as novas formas de intervenção em cenários de uso de crack – o caso de São Bernardo; e Histórias de vida e biografias: um emaranhado de narrativas nas ruas de São Paulo.

Conta ainda com as entrevistas: Revisitando Os mendigos na cidade de São Paulo: introdução à entrevista com Marie-Ghislaine Stoffels e Entrevista com Phillipe Bourgois.

Organizadores

Taniele Rui: Professora do Departamento de Antropologia da UNICAMP e pesquisadora do grupo NaMargem/Cebrap. Mariana Martinez: mestre e doutora em Antropologia Social pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da UFSCar. pesquisadora do Grupo de Pesquisa Na margem: núcleo de estudos urbanos (CEM/CEBRAP). Gabriel Feltran: Professor do Departamento de Sociologia da UFSCar e diretor científico do CEM. Coordena o grupo de pesquisa NaMargem.

Para saber mais sobre o livro acesse o link Aqui 

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2560 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento