Narrar é LongeViver. Um livro pelo qual você vai se afetar

Tempo de Leitura: 3 minutos

A emoção, a autencidade, a alma de cada autor é o que você encontrará no livro Narrar é LongeViver: Caminhos da Memória, em que texto, cada parágrafo, cada palavra, são momentos de pura magia extraídos com maestria por Cremilda Medina, professora sênior da USP-ECA.


Este livro é fruto das oficinas de narrativas de um dos cursos de maior sucesso da USP Aberta à Terceira Idade, a USP 60+. Existe desde 1997, mas esta edição é especial porque pela primeira vez ocorre no CEUMA – Centro Universitário Maria Antônia, um local por si só muito inspirador e é a edição com o maior número de participantes de todos os tempos.

Esta turma produziu muito e produziu muito bem, por isso, para compor o livro, com os textos aprovados, chegamos a um total de quase 500 páginas. São textos belíssimos que resgatam memórias do aluno, da comunidade, da cidade, do nosso país e do país de origem de alguns participantes (Egito, Espanha, Japão, Portugal etc.). São 25 autores 60+ que respondem a desafios propostos pela professora Cremilda Medina em oficinas muito criativas que você pode replicar na sua casa ou no seu local de trabalho seguindo os exemplos que encontrará no livro, e poderá resgatar lembranças saborosas, profundas e extremamente significativas.

Os autores da obra coletiva organizada por Cremilda Medina

O livro Narrar é LongeViver: Caminhos da Memória está dividido em oito partes e cada uma delas corresponde a uma oficina. A primeira, Coisas, Ora Coisas, o participante elege um objeto que tenha um significado especial na sua vida e permite que este objeto se torne o sujeito da narrativa e conte sua história de maneira autônoma. Uma arca, um roupão, uma gravata, um carrilhão, um sapatinho, um imã, uma gotinha que vira rio, uma carta, uma máquina de escrever, um piano, uma palmeira, os oceanos Atlântico e Mediterrâneo. Imagine o que esses personagens têm para nos contar… Alguns vêm passando de geração para geração, conhecem os segredos mais íntimos dos participantes, pois são testemunhas de uma vida de alegria e sofrimento, choro e riso, dor e prazer.

A segunda parte, Imagem e Imaginação, é fruto de uma oficina na qual a professora sugeriu aos participantes abrir um álbum antigo de fotos e pegar uma – das mais antigas – observá-la com bastante atenção e carinho, imaginar e narrar a cena que existe por trás dela. Histórias sentimentais, afetuosas, românticas, calorosas. A memória viaja por caminhos há muito esquecidos e neles encontra e desperta sentimentos muito especiais. Experimente reproduzi-la e irá se encantar.

A terceira parte, Geografia e Espaços, leva o aluno a pensar em lugares com um significado muito especial para sua vida. Como os alunos desta turma eram todos de São Paulo (hoje, na versão online, temos alunos de todo o país), as histórias são do Parque Ibirapuera, Praça da Sé, Vila de São Francisco, Praça Chão de Giz, uma rua de dois nomes, o Largo de São Francisco, a cidade vista a partir do transporte público, textos que destacam o protagonismo anônimo, com um contexto social e cultural único.

A quarta parte, Tempos, Filigranas, saiu de uma oficina que busca na memória passagens relevantes, momentos marcantes e inesquecíveis. São muitos, mas cada participante foca naquele que deixa saudades mais doces.

A quinta parte é uma delícia, Cozinha, Viagens, como não se trata de uma oficina de culinária, a receita aqui não é apenas saborosa, é afetiva, um caldo vindo de Portugal que aqui, adaptado, torna-se melhor, um acarajé, uma torta, um bolo de mel etc., receitas amparadas em histórias maravilhosas.

A sexta parte reflete nossas velhices e busca respostas para questões que interessam a todos: como os idosos são tratados pela mídia?; velhice e felicidade combinam?; quem são os velhos de hoje? etc.

A sétima parte é a apresentação dos autores e a oitava são os anexos que resgatam a história das oficinas e dão mais detalhes sobre esse longevo grupo de pesquisa que ano após ano se renova para presentear os leitores com produções incríveis. Esta, especialmente, irá surpreendê-lo pela profundidade e leveza, mas, principalmente, pela riqueza de cenas.

Serviço
Livro Narrar é LongeViver: Caminhos da Memória
Organização: Cremilda Medina
Editora: Portal Edições
Ano: 2020
Como adquirir: site do Portal Edições

Mário Lucena

Mário Lucena

Jornalista, bacharel em Psicologia e editor da Portal Edições, editora do Portal do Envelhecimento. Conheça os livros editados por Mário Lucena.

mariolucena escreveu 56 postsVeja todos os posts de mariolucena