Lupa eletrônica para leitura

Tempo de Leitura: < 1 minutos

Pesquisadores da Bonavision Auxílios Ópticos, empresa instalada no Centro de Inovação, Empreededorismo e Tecnologia (Cietec) da Universidade de São Paulo (USP), acabam de lançar uma lupa eletrônica para leitura destinada a pessoas com deficiências visuais graves, com acuidade inferior a 5%. O Conselho Brasileiro de Oftalmologia contabiliza quatro milhões de deficientes visuais, e três em quatro enxergam de 5% a 30% do normal.


Essa condição afeta as atividades do cotidiano, mesmo depois de terem sido submetidos a tratamento ou correção com óculos, lentes ou implante de lentes.

Esse é o terceiro produto pensado para esse público, sendo o primeiro o lançamento de uma lupa que amplia textos em cinco vezes e diminui a distorção. O segundo lançamento foi o de uma prancha de leitura acoplada à lupa. No lugar da lente ótica foi colocada uma câmera de vídeo.

A lupa eletrônica proporciona o conforto, podendo ser utilizado na cama, no sofá sem adaptações ou necessidade de mesa ou cadeira. Entretanto, a luz ambiente é necessária. A câmera tem capacidade de controle da iluminação e pode manter uniforme a imagem. Outro elemento interessante é a portabilidade do equipamento, ou seja, a possibilidade de se levar para onde quiser.

O diferencial do produto é a utilização praticamente sem treinamento. Seu preço também é amigável, de 1,8 mil reais. As situações nas quais o produto pode ser utilizado variam entre técnicas, didáticas e pedagógicas.

Fonte: Disponível Aqui

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3826 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento