Legado

Tempo de Leitura: 3 minutos

O legado reside muito mais na essência do que na forma! É aquilo que construímos quase sempre sem nenhum aplauso. É quando enxergamos uma esperança onde ninguém mais vê beleza, nem vida, nem nada. É quando contrariamos as hipóteses e enfrentamos todos os riscos só para resgatarmos o que resta de dignidade a quem já tanto errou na vida ou não tem nada para oferecer de volta.

Alê Anselmi *

 

LegadoAndo pensando muito nessa pequena e poderosa palavra. Talvez eu esteja de partida e pressentindo a despedida, preocupo-me não apenas com seu significado – mas principalmente com sua significância!

Ou talvez eu esteja saudosa daqueles que amo e que já se foram – e são muitos -, e esteja apenas agradecendo aqui no silêncio atordoante do meu coração, o legado que deixaram.

O fato é que deveríamos aprender essa palavra logo depois de pronunciar “mamãe”. Faria toda diferença neste pequeno planeta azul se todos pudéssemos ter uma vida construída à base do legado que podemos deixar em vez das coisas que podemos consumir. Muitos podem achar equivocadamente que só deixam legado os que realizam grandes viagens, os que possuem filhos, os que têm um trabalho importante ou uma herança para dividir.

O verdadeiro legado ultrapassa o mensurável, as convenções, as condições financeiras. Já vi homens quase miseráveis e completamente solitários deixarem um legado mais poderoso que muitos que correm atrás de algo que pensam ser um legado, mas que no fundo é só uma suposta segurança material – tão evanescente quanto pétalas ao vento.

O legado reside muito mais na essência do que na forma!

É aquilo que construímos quase sempre sem nenhum aplauso. É quando enxergamos uma esperança onde ninguém mais vê beleza, nem vida, nem nada. É quando contrariamos as hipóteses e enfrentamos todos os riscos só para resgatarmos o que resta de dignidade a quem já tanto errou na vida ou não tem nada para oferecer de volta.

Não é simplesmente um exemplo, embora possa ser também o resultado de uma porção deles. O legado é um olhar, uma maneira de ver a vida que contagia tudo ao redor. Que contagia e que faz florescer! É aquilo que fica quando lembramos de alguém e fechamos os olhos para tentar retê-la um pouco mais em nossas retinas.

Se tivéssemos desde cedo a consciência da importância do legado, não perderíamos tanto tempo com banalidades, nos emaranhados de uma vida fútil e sem sentido. A importância de deixarmos um legado não é para sermos simplesmente lembrados, como quem até nesse momento só sabe atender aos imperativos da vaidade…

A importância do legado é que, ao cruzarmos o caminho de outro ser, possamos cumprir nosso papel social e humano, trazendo algum alívio, alguma alegria, algum ensinamento, porque só pode deixar um legado aquele que se permite conhecer o outro, com suas mazelas, suas dores, seu passado e apesar de tudo isso, querer compartilhar a vida!

* Alê Anselmi é Relações Públicas pela Metodista (1996) e Marketing pela Anhembi Morumbi (2012), também é fotógrafa e analista de mídias sociais. Faz cobertura fotográfica de eventos, festas e ensaios para clientes diversos. Email: alessandra.anselmi@uol.com.br

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2695 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento