IV Encontro sobre livro, leitura e inclusão social

A II Festa Literária da Biblioteca do Paiaiá acontecerá no semiárido baiano e terá a inclusão do tema envelhecimento como resultado das observações pessoais de Geraldo e das muitas trocas de ideias que tivemos nestes últimos meses.


Apresentamos na Revista Longeviver nº 2 (2019) (1) o interessante relato autobiográfico Um passado conhecido versus um presente ainda não concluído, de autoria de Geraldo Moreira Prado, no qual conta sua trajetória de vida e a busca na realização de um sonho – a construção de uma biblioteca comunitária na pequena cidade do sertão baiano, onde nasceu – Povoado de São José do Paiaiá, Nova Soure.

Ao longo da vida foi comprando e acumulando livros e, após muitas peripécias, consegue em 2003 transferir o acervo de 12.600 (doze mil e seiscentos) volumes para sua cidade natal, com estimados 600 habitantes. Seu objetivo era que com a criação da biblioteca ele pudesse contribuir para a melhoria da qualidade da aprendizagem das crianças e adolescentes locais que, como lemos em seu relato, se concretizou. A biblioteca é hoje polo de irradiação da a cultura local, abrindo-se ao mundo, graças às muitas parcerias entre as comunidades de vizinhança, com professores e pesquisadores de outros estados brasileiros e do exterior.  

A biblioteca conta atualmente com acervo de 62.469 exemplares, além de filmes e outros materiais, graças também às muitas doações recebidas, e é considerada hoje a maior biblioteca rural do mundo. Entre as diferentes atividades oferecidas à população local e aos alunos da região, como oficinas de leitura, capacitação de professores do ensino fundamental, formação de mediadores de leitura, além de outros projetos, realiza os Encontros sobre livro, leitura e inclusão social no semiárido baiano, que no período de 24 a 26/07/2019 se apresenta na sua IV edição.

Nela, pela primeira vez é enfocado o tema Envelhecimento, como resultado das observações pessoais de Geraldo e das muitas trocas de ideias que tivemos nestes últimos meses. Esta importante iniciativa indica a necessidade de descolar o discurso hegemônico que prevalece atualmente sobre um envelhecimento ‘padrão’, que desconsidera os muitos modos de viver e longeviver – resultado do tempo cronológico e da genética – mas, principalmente, das especificidades de cada indivíduo em diferentes regiões do país, com seus modos de vida específico fruto das culturas locais e na perspectiva do contexto histórico-social amplo no qual se insere.

Iniciativa estimulante que envolve todo o povoado, e conta com a participação dos estudantes locais, professores da região, e convidados, além de representantes dos poderes públicos.  Incluímos aqui a programação completa, como estímulo aos projetos que, como este, articulem seres-saberes em projetos de valorização da cultura e educação continuada, para todos, em todas as idades da vida.

Informações

Programação da II FESTA LITERÁRIA DA BIBLIOTECA DO PAIAIÁ
IV encontro sobre livro, leitura e inclusão social no semiárido baiano

Data: de 24 a 26/07/2019

Local: Povoado de São José do Paiaiá, Nova Soure, Ba.

Contato: fixo: 75-3437-7070 (Biblioteca) e 75-3437-7048 (recado); celular/whatsapp: 75-99975-3903 (José Arivaldo), 21-979790402 (Geraldo) e 75-99905-2137 (Jaqueline).

Notas

Rev. Longeviver, Ano I, n. 2, Abr/Maio/Jun, São Paulo, 2019: ISSN 2596-027X https://revistalongeviver.com.br/index.php/revistaportal/article/view/778/839

Vera Brandão

Vera Brandão

Pedagoga (USP); Mestre e Doutora em Ciências Sociais (PUCSP); com Pós.doc em Gerontologia Social pela PUCSP. Docente. Pesquisadora do Núcleo de Estudo e Pesquisa do Envelhecimento (NEPE-PUC/SP). Responsável pela editoria da Revista Portal de Divulgação (2010-2018) e editora da Revista Longeviver (2019-) https://revistalongeviver.com.br. Coordenadora Pedagógica do Espaço Longeviver. E-mail: veratordinobrandao@hotmail.com

verabrandao escreveu 12 postsVeja todos os posts de verabrandao