ILPI oferece convívio social e atividades lúdicas para idosos no período de férias

A Cora oferece hospedagem para Passar uma Temporada que inclui aulas de ginástica, teatro, dança, jogos, videogame para idosos, além de refeições, cuidados e boas companhias.

 

Idosos que, por opção, não acompanham a família em viagens de férias, mas não querem ficar sozinhos em casa, podem contar com um serviço de hospedagem para passar uma temporada. Algumas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) oferecem atividades que estimulam o convívio social e a procura por elas vem crescendo principalmente nesta época do ano, fazendo com que o período das férias seja um dos mais movimentados.

É o caso da Cora Residencial Senior, rede de ILPI com seis unidades na cidade de São Paulo que oferece esse serviço. Além de incluir seis refeições diárias e cuidados básicos das atividades de vida diária 24 horas, o serviço também oferece aulas de ginástica, teatro, dança, jogos, videogame, entre outras que estimulam o convívio social e o bem-estar.

As atividades lúdicas para idosos no período de férias hoje são bem mais comuns do que no início da década de 2000. Na realidade, elas tiveram início na Europa como prevenção às ondas de calor. Vale lembrar que o continente europeu vem registrando episódios de verões escaldantes com temperaturas em torno de 40°C em várias regiões, especialmente na França, e que vem levando pessoas a óbito. Em 2003, especialmente, as altas temperaturas provocaram a morte em massa de mais de 14 mil pessoas, a maioria de idosos com mais de 75 anos.

As previsões das Medições da Nasa confirmam que 2018 é realmente um dos períodos mais quentes da história. Não sabemos ainda o que nos espera neste verão que apenas começou, mas que provocou muitas tragédias na Europa.

No Brasil, o serviço de hospedagem para passar uma temporada surgiu mais como atividade lúdica, de prevenção à solidão e reabilitação. De acordo com o Dr. Jarbas Salto Jr., diretor de operações da Cora, “nos feriados e principalmente na época das férias, a procura por esta modalidade de estadia aumenta cerca de 50% em relação aos outros meses. O principal objetivo é fazer com que os idosos se sintam em casa e possam usufruir da comodidade do espaço. Tudo é planejado para garantir o bem-estar deles, com alimentação balanceada, segurança, medicação na hora certa e o convívio com outros residentes”.

A convivência social é um importante aliado do bem-estar e da qualidade de vida dos idosos. Na Cora, eles são incentivados a dividir histórias de vida, estabelecer vínculos de amizade e compartilhar preocupações, angústias, sonhos e desejos. A oportunidade de estar sempre entre amigos faz com que muitos decidam morar na instituição.

É o caso de Ana Maria Benavente, de 80 anos, que chegou à Cora de cadeira de rodas, após fraturar a bacia, para um período de reabilitação. “Achei que viria só me recuperar aqui, mas gostei tanto que decidi ficar. Encontrei uma boa turma para conversar”, conta. A dona Nair Salomão, de 102 anos, conta que em casa ficava muito sozinha e que na Cora está rodeada de amigos e tem sempre muitas atividades para animar o dia.

A programação inclui sessões de cinema, jogos, videogame, ginástica em grupo, aula de teatro e oficinas que estimulam o movimento e o convívio social. Para isso, conta com uma equipe multiprofissional composta por educadores físicos, que realizam o acompanhamento e prestam os cuidados aos idosos, além de geriatra, enfermeiros e nutricionistas.

Para o diretor de operações da Cora, “as atividades auxiliam no estímulo cognitivo, físico e social, que podem servir como formas de prevenção”.

Opção diária

A instituição oferece ainda opção para Aproveitar o Dia. O idoso passa o dia na instituição, faz todas as refeições e participa das atividades integradas, recebendo todos os cuidados ao longo desse período, e volta para dormir em casa, com a família. “Esta modalidade funciona como um centro de atividades para quem já passou dos 60 anos e precisa de um espaço com uma programação especial de lazer e entretenimento”, explica Salto.

Os benefícios de cada atividade

Dança sênior – desenvolve equilíbrio, força muscular e flexibilidade, auxiliando na prevenção de quedas e na postura. Além de aprimorar a capacidade de raciocínio e trazer ganhos de ordem emocional relacionados à alegria que ela proporciona aos idosos.

Teatro – trabalha imaginação, histórias que reavivam a memória, estimula a criatividade, combate a depressão, incentiva a interação social e facilita a respiração, além de melhorar o humor.

Musicoterapia – desperta emoções e lembranças. Ao ouvir uma canção que está ligada a alguma época ou fato da vida, a pessoa consegue trazer de volta essas memórias.

Videogame – contribui para o aumento da concentração, melhora a capacidade motora e cognitiva para entender, assimilar e relacionar-se com o mundo ao redor.

Jogos – de raciocínio como xadrez, sudoku e palavras-cruzadas estimulam a memória, assim como se manter atualizado com jornais, revistas e livros.

Pintura – ajuda na concentração, na expressão, autoestima e a exercitar a parte motora, além de resgatar lembranças.

 

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2580 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento