Idosa holandesa de 96 anos confessa assassinato cometido em 1946

Tempo de Leitura: < 1 minutos

O prefeito da cidade holandesa de Leiden, Henri Lenferink, afirmou que uma idosa de 96 anos confessou ter matado, em 1946, um morador local que as pessoas achavam que colaborava com os nazistas.

 

 

Segundo Lenferink, Atie Ridder-Visser admitiu ter atirado no peito de Felix Guljé, na porta de sua casa, porque acreditava que o homem trabalhava para os alemães, durante a ocupação nazista na 2ª Guerra Mundial. No entanto, o cidadão morto, na verdade, abrigou judeus e emprestou dinheiro a outros perseguidos.

O prefeito contou que Atie escreveu uma carta confessando o crime no dia 1º de janeiro deste ano. Duas entrevistas feitas posteriormente o fizeram acreditar na história. No entanto, Lenferink disse que a mulher não poderá ser processada porque o crime ocorreu há muitos anos.

Fonte: Do UOL Notícias, com informações da AP, 08/06/2011. Disponível Aqui

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3807 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento