Experiências íntimas sobre a passagem do tempo

Tempo de Leitura: 3 minutos

Gonçalo Luiz de Melo é advogado e atua há anos também como educador e psicanalista. Adriana Rodrigues Domingues é psicóloga e pesquisadora, com projetos que analisam experiências comunitárias.

 

 

experiencias-intimas-sobre-a-passagem-do-tempoA junção desses dois saberes resultou no livro Conversas e memórias, narrativas do envelhecer (Via Lettera editora), lançado no final de 2012.

Nas páginas da obra, estão histórias narradas por idosos que integram um projeto comunitário na zona leste de São Paulo (no Centro de Referência do Idoso de São Miguel Paulista, na Zona Leste), coordenado por Melo e Adriana.

O livro traz um registro do trabalho iniciado em 2002 e, além de reproduzir as histórias narradas pelos participantes do grupo (na forma de crônicas e texto teatral), apresenta uma análise, à luz da psicologia social, sobre as repercussões na saúde e bem-estar dos envolvidos.

O objetivo de Melo com o grupo sempre foi o de estimular os idosos a repensar suas trajetórias, dando novos significados à atual fase de suas vidas. “Para provocar reflexões, nos valemos da leitura de notícias, crônicas, poesias. Também íamos ao cinema e ao teatro”, explica Melo.

Como psicóloga, Adriana sempre acompanhou o trabalho de perto. A experiência do grupo foi transformada na sua tese de doutoramento, Cartografias de uma experiência comunitária, defendida na Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

Momentos tensos e alegres

O grupo mesclou alegria com emoção e tristeza ao longo da realização do trabalho. Adriana relata passagens muito marcantes, como o da idosa-personagem Marcolina: “Será que uma pessoa analfabeta pode escrever poesia? Porque tem tanta coisa que passa pela minha cabeça que eu queria escrever, mas não sei”.

Aqui, o depoimento de Tereza, outra integrante: “O grupo me ajudou a perder a vergonha de existir e sair de casa”. Cidinha, outra participante, disse: “Entendemos que temos liberdade para caminhar, o direito de expressar nossas opiniões e que podemos ser ouvidos”. E aqui a fala de Dalvina: “Neste grupo, virei gente de verdade”.

São comentários que mostram o impacto em suas vidas do trabalho realizado. Para os autores, o livro contém um material muito rico para uma reflexão sobre a passagem do tempo. “Queremos também mostrar que é possível ter uma vida mais plena, seja aos 70, 80, 90 anos ou mais. O Brasil é um país que envelhece, temos de estar preparados para esta realidade”, pontua Melo.

experiencias-intimas-sobre-a-passagem-do-tempoAlém de estimular a reflexão sobre a passagem do tempo – não sem provocar emoção em que lê os relatos, como já visto, e também prazer – a obra, segundo Melo, busca incentivar a criação de novos grupos de idosos, a partir de uma outra ótica. “Queremos fugir do clichê baile-bingo-bolinho ao qual os idosos sempre estão associados”, explica. Ou seja: é possível promover o exercício da conversação, dialogar, compartilhar alegrias e dores, fazer poesia, produzir crônicas e fazer teatro – em suma, ressignificar a vida a partir de outras experiências coletivas, suscitando um novo olhar sobre a velhice o envelhecimento para as novas gerações.

O escritor João Silvério Trevisan, autor de vários livros, entre eles o premiado Ana em Veneza (Editora Best Seller), assina o prefácio das crônicas do livro. O prefácio do texto teatral é assinado pelo diretor e dramaturgo João das Neves, fundador do Grupo Opinião nos anos 1960, autor de inúmeras peças, entre as quais Besouro Cordão de Ouro e As Polacas – Flores do Lodo.

Ficha técnica

Título: Conversas e Memórias – narrativas do envelhecer

Editora: Via Lettera – Acesse Aqui – (11) 3862 0760

Autores: Gonçalo Luiz de Melo e Adriana Rodrigues Domingues

Fotografias: Luiz Braga

Ilustrações: Plínio Rhigon

Nº páginas: 265

Preço: R$ 55,00

Apoios: Ministério da Cultura, Banco Safra e Prevent Senior

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3789 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento