Exercícios físicos diminuem ingestão de medicamentos

Um estudo liderado pela Universidade de São Paulo investigou 271 mulheres clientes SUS do Programa de Saúde da Família Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul para avaliar a relação entre a prática de exercícios físicos e o consumo de medicamentos entre elas.

 

 

A ingestão de remédios das participantes da pesquisa foi observada por meio do cadastro da Secretaria Municipal da Saúde de São Caetano do Sul, em uma base de dados onde estão registradas informações relevantes sobre todos os participantes do Programa de Saúde da Família.

A conclusão resume-se que a prática de atividades físicas em pelo menos 150 minutos reduz o consumo de medicamentos em 34%, quando comparamos este grupo com o grupo sedentário.

A relação causa-efeito pode estar na redução da pressão arterial: tanto a caminhada quanto os exercícios aeróbicos aplacam a doença e fazem permanecer a queda por 24 horas. Segundo pesquisadores da Faculdade de Medicina USP Ribeirão Preto, o diferencial na avaliação de voluntários entre 60 e 75 anos foi analisar o impacto do exercício aeróbico caminhada em pista, e não em esteira ou em bicicleta ergométrica.

Os hipertensos leves podem até parar de usar medicamentos com os exercícios aeróbicos. Veja a matéria na íntegra Aqui

 

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2419 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento