Escrita terapêutica nos encontros intergeracionais é premiada

Com o projeto A escrita terapêutica nos encontros intergeracionais, título da pesquisa atualmente em desenvolvimento no pós em Psicologia Clínica da PUC-SP, a doutoranda Divina de Fátima dos Santos, venceu o Prêmio Madre Cristina, na II Mostra Estadual de Práticas Inovadoras em Psicologia: Intersetorialidade, Defesa e Promoção dos Direitos Humanos 2011, promovido pelo Conselho Regional de Psicologia-SP, em dezembro. Dos 95 trabalhos apresentados, foram premiado os 10 mais relevantes com o objetivo de estimular e incentivar os profissionais.

 

 

Escrita-terapeutica-e-premiadaOs trabalhos apresentados são desenvolvidos em hospitais, penitenciárias, clínicas, associações de bairro e escolas. Estudantes em estágio também integraram as iniciativas inscritas, mostrando as diversas dimensões de atuação do profissional de Psicologia, ultrapassando assim a clínica e os consultórios. O nome dado ao prêmio, Madre Cristina, é devido ao símbolo que essa mulher representa para a Psicologia, principalmente por sua luta na época da ditadura militar. Ela nasceu em Jaboticabal (interior paulista) em 1916, formou-se em Psicologia, e foi defensora dos direitos sociais e humanos.

O estudo de Divina, único na área do envelhecimento, está sendo realizado na Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Aida de Almeida Castro Grazioli e no Centro de Referência da Melhor Idade (Cremi), ambos em Caraguatatuba (173 Km da capital), litoral de São Paulo.

Escrita-terapeutica-e-premiadaDas palavras que estimulam à escrita terapêutica
Trata-se da continuação do trabalho do seu mestrado, então com foco na educação, e agora com enfoque na terapia. Sua pesquisa de mestrado intitulada “Relações Intergeracionais: palavras que estimulam” foi defendida em maio de 2010 no pós em Gerontologia e focou o conteúdo de cartas, utilizadas como forma de comunicação entre idosos e crianças. Divina queria saber a forma de interação vivenciada entre eles, para identificar os significados dessa troca. Na REVISTA PORTAL de Divulgação, n.3, Out. 2010, encontra-se um artigo de sua autoria, chamado: Aproximando gerações pela escrita, no qual ela relata como tudo começou. Na ocasião, ela se baseou em entrevistas com idosos e em cartas escritas por estudantes do curso da EJA, em fase de alfabetização, e por crianças do ensino regular que frequentavam uma das unidades da rede SESI-SP.

Agora, em sua pesquisa de doutorado, Divina de Fátima dos Santos continua utilizando a escrita, mas não mais como comunicação ou educação, e sim como um ato terapêutico. Tem como orientadora a professora Ceneide Maria de Oliveira Cerveny.

 

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2104 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento