Encantos da Maturidade

Tempo de Leitura: 3 minutos

Três volumes:

Viver produtivamente: gira em torno do ser humano inserido num contexto social, dentro do qual se relaciona com o mundo das artes, bem como ocupa um espaço no mercado de trabalho, assunto normalmente espinhoso, ainda mais para a faixa dos cidadãos maduros.

Viver com saúde: Este livro trata de questões relacionadas com o corpo na maturidade, dando sugestões de medidas viáveis para se batalhar pela melhor qualidade de vida

Viver plenamente: Aborda questões referentes à subjetividade do ser humano, as dificuldades típicas da fase do envelhecimento e as possibilidades de afastá-las ou de se conviver com elas.

Entrevista
Como surgiu a ideia de reunir profissionais
de áreas diversas em torno do tema da maturidade?

Responde Maria Celia de Abreu – Coordenadora da Série Encantos da Maturidade

Os três primeiros volumes da coleção Encantos da Maturidade (respectivamente, Viver com Saúde, Viver Plenamente e Viver Produtivamente) surgiram aos poucos e sem que se tivesse determinado antecipadamente que seriam escritos. Desde o início de 2001, em São Paulo, reunimo-nos semanalmente num grupo de profissionais de áreas variadas, com o único interesse comum de discutir o envelhecimento e a maturidade, sendo essa uma das atividades do IDEAC (Instituto para o Desenvolvimento Educacional, Artístico e Científico).

No andamento desses encontros, cada participante relatou algum tema que sua área de estudos poderia oferecer para enriquecer os conhecimentos dos outros membros do grupo. Terminada essa rodada de apresentações, estávamos tão felizes com o que havíamos aprendido uns com os outros que achamos que deveríamos repartir isso com o máximo de pessoas possível, e a forma seria escrevendo textos. Aí veio a por vezes sofrida fase de colocar as idéias no papel, para o que convidamos para nos orientar o professor João Hilton, que passou então a integrar o grupo. Finalmente, encontramos nosso editor, o Sr. Walter Garcia, organizamos os textos em três volumes e aí está o resultado.

Qual é a proposta da coleção Encantos da Maturidade?

Os profissionais que escreveram os três primeiros volumes da coleção Encantos da Maturidade concordam que a busca de qualidade de vida deve ser o norte da pessoa madura. Para isso, temos a proposta de considerar os muitos aspectos presentes no processo do envelhecimento, pois todos são importantes. A maturidade não pode ser vista de um só ângulo: não é o corpo sozinho que amadurece; não são os papéis sociais apenas que precisam ser readaptados – e assim por diante. A coleção não esgota esses aspectos, mas abre um leque bastante amplo.

Quando essas diversas facetas são consideradas e amadurecem harmoniosamente, a qualidade de vida tende a se tornar mais apurada.

É importante divulgar informações sobre envelhecimento e maturidade?

Envelhece-se desde que se nasce: envelhecer é um movimento natural e inexorável do ser humano. A fase chamada de maturidade, que começa pelos 45, 50 anos, é uma etapa de grandes transformações, por isso muito difícil. Creio que é mais penoso atravessar as mudanças da maturidade do que as da adolescência; só que esta é estudada, esperada, compreendida, aceita; aquela, não. Muito pouco se conversa, pesquisa, reflete sobre ela. Quando muito, são feitos comentários pejorativos e assumida uma aceitação impaciente ou tristonha. Ao se divulgar informações sobre a maturidade, se está facilitando uma compreensão de que esta é apenas mais uma etapa do ciclo da vida, com características próprias, como qualquer outro estágio anterior ou posterior. O cidadão maduro precisa se perceber como um ser produtivo e capaz de fazer projetos para o futuro.

O que você recomenda para uma pessoa que está entrando na maturidade?

Informar-se sobre o que o espera, e como pode tirar o máximo de proveito disso, bem como evitar possíveis males, é o que mais recomendo. Através do conhecimento, o ser humano pode ter mais domínio de sua vida e virar esta nova etapa na direção que melhor lhe aprouver. É assim que vai valorizar sua história e suas experiências, sem ter vergonha das cãs e das rugas. Que vai se assumir por inteiro, viver o agora, escolher atividades prazerosas e proveitosas, encontrar as melhores formas de se relacionar com os outros. Que vai se conhecer, descobrir qual sua identidade como ser humano, agora maduro.

Fonte: Disponível Aqui 

Título: Encantos da Maturidade (coleção)
Autor: Maria Célia de Abreu (coordenadora)
Editora: Líber Livro
Cidade: São Paulo
Ano: 2005

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3825 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento