Dos amores que não tive

E a poesia dos amores grita: “Nos venderam a ideia de durar para sempre. Estamos aptos a esperar tanto tempo? Precisamos respeitar os sentimentos, estar com o outro e aceitar, genuinamente, nossas diferenças. Não existe tampa para a sua panela. O que existe, é saber lidar com as dificuldades, o não querer estar com o outro sempre, o espaço, a compreensão e o mais importante, acolhimento”.

Joel Fernando Borella *

 

dos-amores-que-nao-tiveDos amores que não tive, continuei caminhando, respirando, me encontrando e me perdendo.

Dos amores que não tive, me encantei, desfilei e muitos lugares fui conhecendo.

Será que se perder é algo tão ruim e estranho assim?

Ter a necessidade do amor e de amar, muitas vezes, nos amarga a boca, nos esgota, nos controla, nos deixam nus!

Temos um amor inventado, em formato de coração. Quantos outros amores deixei passar por querer ter o que o cinema e a telenovela me mostra? Escolhemos pessoas em vez de aceitá-las como são. Escolhemos cor de cabelo, olhos, corpo e roupa, sem entender o que está além da carne. Queremos vitrine em vez de amor e amar?

Conflitos? Não! Não nos cabe lutar por amor. Queremos sempre algo sereno, leve, doce… aquelas formas que os livros de romance nos mostram. Quantos livros de romance você leu no último ano?

A vida tem mais cor quando conseguimos voar sem perder de vista nosso chão, nossa essência, onde coração não tem formato, nem cor… Apenas representa algo que, muitas vezes, nem sabemos como explicar. Que bom isso!

Nos venderam a ideia de durar para sempre. Estamos aptos a esperar tanto tempo? Precisamos respeitar os sentimentos, estar com o outro e aceitar, genuinamente, nossas diferenças. Não existe tampa para a sua panela. O que existe, é saber lidar com as dificuldades, o não querer estar com o outro sempre, o espaço, a compreensão e o mais importante, acolhimento.

Dias de sorrisos virão, outros de dissabores também, não procure encontrar o par perfeito. Encontre-se, e as pessoas terão muito mais colorido e encantamentos que seus olhos embaçados de padrões podem ver.

Dos amores que não tive, eu me amei!

* Psicólogo, Mestre em Psicologia Social e Professor de Psicologia Centro Universitário Anhanguera – Leme\SP.

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2104 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento