“Dia do Cuidado da Visão” da pessoa com diabetes acontece em São Paulo

Central da Catarata e Instituto da Visão realizam dia do cuidado da visão do paciente com diabetes. Os exames serão realizados nas unidades de Itaquera e Vila Clementino, em São Paulo.


Para conscientizar a população da cidade de São Paulo sobre a importância do exame de visão anual, essencial à prevenção da catarata e outras doenças oftalmológicas, a Central da Catarata – negócio de impacto social – e o Instituto da Visão (IPEPO) vão realizar uma ação de avaliação até 5 de abril. A iniciativa é inspirada no Dia Nacional de Mobilização pela Promoção da Saúde e Qualidade de Vida, que é celebrado em 6 de abril. Os exames serão realizados nas unidades de Itaquera e Vila Clementino, em São Paulo.

Por que a campanha?

A diabetes responde por 49% dos casos de cegueira tratável no país, pois pouco se fala sobre a importância de exames oftalmológicos regulares e com caráter preventivo. Um dos riscos da hiperglicemia – condição comum aos pacientes com diabetes –, é o comprometimento assintomático da retina sem alteração na qualidade da visão. Diante de uma doença silenciosa, muitos brasileiros estão ficando cegos sem perceber. 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes existem 13 milhões de portadores da doença. O Brasil, segundo o International Diabetes Federation (IDF), é o quarto país com maior número de diabéticos do mundo. Dos brasileiros com idades entre 20 e 79 anos, apenas 23% conseguem controlar a doença, mantendo-se fisicamente ativos e tomando medicamentos que regulam os índices de glicose.

Para conscientizar a população da cidade de São Paulo para a importância de exames oftalmológicos preventivos, a Central da Catarata e do Instituto da Visão (IPEPO) – entidade sem fins lucrativos, de caráter filantrópico – vão realizar uma ação conjunta de avaliação até o dia 5 de abril. A iniciativa é alusiva ao Dia Nacional de Mobilização pela Promoção da Saúde e Qualidade de Vida, celebrado em 6 de abril. 

A meta é diagnosticar, precocemente, doenças oculares que podem causar perda parcial de visão e cegueira: retinopatia diabética, glaucoma, edema macular diabético e catarata. A ação tem por objetivo chamar atenção para a importância da prevenção. A iniciativa conta com o apoio do GLIC (aplicativo pioneiro em saúde digital para o tratamento do paciente com diabetes em comunidade médica e nutricional).

Os pacientes farão um exame de imagem, a Retinografia, podendo escolher dentre duas unidades do IPEPO, em Itaquera ou na Vila Clementino. Os resultados dos exames serão analisados por médicos especializados em Retinopatia Diabética. Os pacientes receberão o laudo da saúde ocular via e-mail ou whatsapp. A meta é realizar 400 retinografias. Os pacientes nos quais forem detectadas doenças oculares serão orientados a realizar consultas com oftalmologistas especializados, farão uma avaliação detalhada e receberão encaminhamento para tratamentos e ou cirurgias.

Catarata e retinopatia diabética

A catarata é a principal causa de cegueira em pacientes com diabetes no Brasil; eles têm o risco duplicado de desenvolver a doença, quando comparados com a população geral. Nesses pacientes, a catarata aparece mais cedo e evolui mais rápido do que a versão senil da doença – que acomete 73,3% de pessoas com mais de 75 anos, segundo o último Censo do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO). A catarata é a primeira causa da cegueira e apesar de ser reversível após procedimento cirúrgico. Em cinco anos, de 2012 a 2017, os procedimentos realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) cresceram 13%, contra um aumento de 19% do número de maduros.

A decisão de submeter à cirurgia está diretamente relacionada à qualidade de vida, mas esbarra no custo. A Central da Catarata atua justamente como alternativa de acesso à cirurgia para a população de menor renda.

Um dos exames que será realizado pela equipe detecta a retinopatia diabética – uma complicação decorrente das alterações das taxas de glicemia nos pacientes com diabetes – que representa um risco real de perda da visão. A doença causa danos nos vasos sanguíneos da retina e pode se manifestar com edema de mácula, ou seja, buracos na área central do olho, que geram uma mancha responsável por distorcer a visão; e proliferação de neovasos, que são vasos anormais que crescem na superfície da retina ou do nervo óptico. Pode haver, ainda, evolução da hemorragia e deslocamento de retina; os pacientes apresentam manchas ou obscurecimento da visão, podendo evoluir para a cegueira. A prevenção é a chave para evitar maiores danos – um dos riscos da hiperglicemia por longos períodos, por exemplo, é o comprometimento assintomático da retina sem alteração na qualidade da visão. É fundamental ao paciente com diabetes melitus (tipo 1 ou 2) passar por avaliação anual de fundo de olho.

Sobre a Central da Catarata

Maior central de agendamento de cirurgia de catarata do país, a Central da Catarata tem o objetivo de garantir acesso das pessoas de baixa renda à cirurgia de catarata. Fundada em 2017 pelo empreendedor Guilherme de Almeida Prado, o negócio social já realizou mais de 500 procedimentos para correção da opacidade do cristalino. A iniciativa conta com três clínicas afiliadas em São Paulo, todas com centros cirúrgicos próprios: Instituto da Visão (IPEPO); Clínica Oftalmológica Guarnieri e Hospital de Olhos de São Paulo (HOSP). O processo de afiliação das clínicas é norteado por três pilares: médicos formados nas melhores universidades; clínicas com mais de 20 anos de experiência; e especializadas em catarata.  

Como negócio de impacto social, a Central da Catarata tem viabilizado cirurgias a preços mais acessíveis e condições facilitadas de pagamento. No pacote estão incluídos os custos com equipe médica, sala cirúrgica, exames oftalmológicos, lente intraocular e consultas pós-operatórias. Esse custo é possível mediante uma estratégia simples: utilizar horários vagos nesses centros de excelência oftalmológica para atender a população de menor renda. Em 2019, a expectativa é chegar à marca de mil procedimentos.

Serviço

Campanha “Dia do cuidado da visão do paciente com diabetes”

Quando: até 5 de abril

Realização: Central da Catarata

Local: unidades de Itaquera e Vila Clementino, São Paulo

Informações sobre agendamento: www.centraldacatarata.com.br

https://edicoes.portaldoenvelhecimento.com.br/produto/diretivas/

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2545 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento