Desenvolva sua criatividade

Que tal exercitar a criatividade com novas atividades do nosso dia-a-dia? Isso abre oportunidades de quando chegarem outras formas de trabalharmos, de fazermos negócios, novas tecnologias, a fim de reagirmos mais naturalmente.

 

Olá, muito bom ter você por aqui!

Convivemos com muitas situações simultâneas onde percebemos escassez de tempo para conseguirmos realizar tudo o que imaginamos e somos demandados. Essa escassez de tempo nos obriga a desenvolver formas mais rápidas de realizarmos nossas atividades do dia-a-dia.

Nestes momentos aparecem os hábitos em realizar algumas tarefas ou funções, onde paramos de pensar e trabalhamos, mecanicamente, para sermos mais efetivos e rápidos.

Colocando esses hábitos em prática, conseguimos realizar nossas atividades com mais efetividade, chegando próximo a responder às demandas, cada vez mais exigentes do mercado, das empresas e das atividades do nosso cotidiano.

Agir por hábito pode nos afastar das novidades, das novas formas de trabalho, das novas ferramentas, das interações mais próximas com as pessoas e com as equipes, as quais nos ajudariam a absorver melhor os novos conhecimentos, habilidades e atitudes das pessoas que nos rodeiam.

O mercado, de uma forma geral, exige estarmos antenados às novidades, às leituras constantes dos ambientes, das exigências dos clientes, como buscar novos clientes e como conquistar novas tecnologias para que nossas entregas possam ser mais direcionadas às exigências que enfrentamos.

Enfrentar com mais abertura e mais tranquilidade às mudanças exige nosso constante contato com as novidades.

Criatividade pode sim ser exercitada

Tenho proposto aos nossos clientes exercícios de nos depararmos com frequência às novas atividades do nosso dia-a-dia. Isso abre oportunidades de quando chegarem outras formas de trabalharmos, de fazermos negócios, novas tecnologias, vamos reagir mais naturalmente.

Exercício: Fazer 1 atividade nova por dia. Alguma coisa que você nunca fez.

Exemplos: Ficar um tempo em sua casa, à noite, com as luzes apagadas; Destros tomarem banho lavando-se com a mão esquerda e vice-versa; Mudar os caminhos habituais; Ouvir músicas, assistir filmes e peças de gêneros e tipos diferentes dos habituais; Ir à outros parques, outros cinemas, outros caminhos; Mudar o sentido da corrida ou da caminhada; Ouvir até o final as ideias e as visões das outras pessoas; Cursos e palestras fora do assunto de seu domínio.

Atividades simples que permitem perceber outras formas de sensibilidade e enxergar outras formas e outras visões das coisas de nosso dia-a-dia.

Sugerimos também que anotem as atividades realizadas e identifiquem a percepção sobre suas novas vivências.

Esse é um passo interessante para abrirmos nossa visão e enxergarmos situações de outras formas.

Sucesso!

José Floro Sinatura Barros

José Floro Sinatura Barros

Mestre pela Faculdade de Medicina da USP com o tema “Indicadores da qualidade de vida relacionados com o envelhecimento da força de trabalho”: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-06062017-084959/pt-br.php; Formação em Constelação Sistêmica; Especialização em Consultoria de Carreira; Certificação Internacional de Coaching pelo ICI. Pesquisador convidado do CPET (Centro de Pesquisas sobre Envelhecimento no Trabalho); Membro dos grupos PROCAR/GEOCAR de estudos sobre desenvolvimento de carreiras FIA/FEA USP. Vivência de 12 anos como gestor de carreiras, com programas de Coaching Sistêmico, Coaching de Carreira e Coaching de Preparação para a Aposentadoria. Mantém o Blog do Floro. E-mail: jose.floro@floro.com.br.

josefloro escreveu 8 postsVeja todos os posts de josefloro