Demografia: a ameaça invisível

Tempo de Leitura: 2 minutos

O economista Fábio Giambiagi, do BNDES, e Paulo Tafner, pesquisador do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) abordam em Demografia: A Ameaça Invisível, um dos temas mais discutidos da atualidade e mostram como a Previdência Social pode trazer segurança para a população e ainda render valores imensuráveis para o desenvolvimento do país.

 

 

Demografia-a-ameaca-invisivelSegundo eles, com menos brasileiros entrando no mercado para ajudar a sustentar o sistema previdenciário, pagar aposentadoria aos idosos será um grande desafio que já é uma realidade nos países desenvolvidos. “Os sinais são claríssimos. Significa que sustentar a população idosa será um peso cada vez maior para os adultos que estiverem no mercado de trabalho a partir de 2030”.

O economista defende reforma urgente para que o envelhecimento da população não torne insustentáveis as contas públicas no futuro. Giambiagi ressalta que as contas do governo não sofrerão abalo imediato se nada for feito nos próximos quatro anos, mas lembra que o enfrentamento do déficit previdenciário tem sido adiado sucessivamente por diferentes governos. Em outras palavras, o país deverá aproveitar o atual bônus demográfico para acelerar o crescimento e se preparar para o futuro, quando haverá tantos velhos quantos jovens na população.

A obra defende, entre outras coisas, que benefícios assistenciais sejam diferenciados dos previdenciários e que o salário mínimo deixe de indexar os pagamentos da Previdência – mudanças impopulares e que requerem alterações constitucionais.

Este livro mostra ainda que aumentar a idade de aposentadoria para níveis mais próximos aos dos países desenvolvidos trazem a outros indicadores do pais uma mudança positiva a longo prazo. Trata-se de uma discussão voltada à transformação da previdência social.

Giambiagi e Tafner propõem uma reforma social, onde os estímulos do país estarão voltados à produtividade aos moldes das grandes nações e a proteção previdenciária direcionada para apoiar os trabalhadores de menor renda. Tais transformações segundo os autores trarão crescimento econômico pro pais, sem prejuízos pro mercado de trabalho e melhorias a distribuição de renda.

Os autores evidenciam razões indiscutíveis para a população encarar tal mudança como uma oportunidade que levará a um desenvolvimento duradouro. Além disso, relembram fatos importantes e interessantes esquecidos pela população.

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3730 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento