Cuidados simples podem evitar quedas em idosos

Tempo de Leitura: 2 minutos

A reportagem traz um importante estudo norte-americano apresentado na Conferência Internacional da Associação Alzheimer (AAIC), em Paris, em agosto, que assinala que as quedas podem representar os primeiros sinais biológicos da doença. A pesquisa acompanhou durante 8 meses 125 idosos sem problemas cognitivos, recrutados nos estudos longitudinais da memória e do envelhecimento do Alzheimer’s Disease Research Center (ADRC), da Washington University. Todos os participantes da pesquisa foram submetidos a um exame de imagens cerebrais – tomografia por emissão de pósitrons – com o marcador PiB, uma molécula fluorescente que permite visualizar a presença de placas amiloides associadas ao Alzheimer.


Em tom de alerta, a reportagem lembra que muitas pessoas idosas, ativas, esquecem das limitações impostos pelo tempo, e continuam fazendo coisas de quando seu corpo tinha 20, 30,40 anos. A sensibilidade passa pela própria pessoa que envelhece. Segundo a matéria, “as calçadas irregulares, os buracos e a falta de rampas que facilitam a locomoção dos idosos nas ruas não são os maiores vilões dessa população. Ao contrário do que muita gente imagina, 70% das quedas ocorrem dentro de casa. As fraturas no fêmur são as mais comuns”. A matéria também chama a atenção para a necessidade de se alterar o ambiente no qual o idoso vive para minimizar o impacto dessas transformações.

A reportagem diz ainda que o último levantamento do Ministério da Saúde demonstra que as quedas de pessoas com idade mais avançada têm assumido a dimensão de uma epidemia no Brasil. Dados do Ministério da Saúde revelam que, em 2007, os hospitais conveniados ao SUS fizeram 32,5 mil internações devido a esse tipo de fratura. Em 2010, esse número já havia pulado para 36,5 mil. O SUS gasta pelo menos R$ 60 milhões por ano em internações para tratar fraturas em pacientes idosos.

Íntegra Aqui

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3789 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento