Corpo, envelhecimento e felicidade

Tempo de Leitura: 2 minutos

A antropóloga Mirian Goldenberg, no livro Corpo, envelhecimento e felicidade dá continuidade à sua linha de pesquisa desenvolvida na IFCS-UFRJ, a qual tem como tema central o significado do processo de envelhecimento em nossa cultura. Nesta obra a autora mostra como, na sociedade brasileira, homens e mulheres vivenciam, percebem e elaboram as mudanças corporais, culturais, sociais ou psicológicas resultantes da passagem do tempo.

 

 

corpo-envelhecimento-e-felicidadeCorpo, envelhecimento e felicidade é uma coletânea de artigos organizada pela antropóloga. Mirian Goldenberg é reconhecida por suas pesquisas e publicações sobre gênero, desvio, corpo, sexualidade e novas conjugalidades, especificamente em relação à classe média alta carioca. Neste livro, editado pela Civilização Brasileira, a autora inova em sua abordagem ao procurar entender o significado do processo de envelhecimento e os modelos de velhice que estamos construindo.

O livro é resultado de uma pesquisa iniciada em 2007, resultando em diversas atividades acadêmicas focadas em gênero e envelhecimento. Artigos sobre o tema foram produzidos para o Seminário Internacional “Corpo, envelhecimento e felicidade”, realizado em setembro de 2010, os quais foram reunidos no livro de mesmo nome.

Na apresentação do livro, Mirian Goldenberg assinala que o envelhecimento traz alterações de capital: tanto perdas – em relação ao corpo e sexualidade – quanto ganhos como liberação das pressões, gerando descoberta dos próprios desejos e trazendo felicidade.

Os temas contidos no livro são: Sexagenários e octogenários diante do envelhecimento do corpo; A velhice na pesquisa socioantropóloga brasileira; Velhice e tecnologias do rejuvenescimento; A moral da pele lisa e a censura midiática da velhice: o corpo velho como uma imagem com falhas; Consumo da beleza e envelhecimento: histórias de pesquisa e de tempo; Mulher- Madonna e outras mulheres: um estudo antropológico sobre a juventude aos 50 anos; Gerações em perspectiva: os sentidos da sexualidade feminina na velhice e na vida adulta; A evolução da saúde masculina: virilidade e fragilidade no marketing da disfunção erétil e da andropausa; O corpo prostituído nas práticas discursivas de organizações dos direitos humanos; A cor e os corpos jovens e velhos; Baianas e velha guarda: corpo e envelhecimento no carnaval carioca; Respeito é bom e elas merecem: uma antropologia do vagão feminino no metrô do Rio de Janeiro; A velhice como desculpa; Novos desafios para o jovem país envelhecido; Sobre a institucionalização da velhice e as condições de asilamento; e Imagens e significados da morte no ocidente.

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3759 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento