Concurso valoriza criações dos 60+

Tempo de Leitura: 4 minutos

Pessoas 60+ podem concorrer a prêmios nas modalidades Artes Visuais e Literatura. O concurso é também uma forma de empoderar o grupo dessa faixa etária, cujos talentos artísticos muitas vezes passam despercebidos. 

Por Gabriela Caputo (*)


O olhar artístico de uma pessoa muda ao longo da vida: aos 60 anos, um indivíduo tem uma visão completamente diferente da que tinha aos 20 ou 30. É o que pensa o médico Egidio Dórea, coordenador do programa USP 60+ da USP, para quem o concurso Prêmio Arte e Literatura USP 60+ – promovido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP – é também uma forma de empoderar o grupo dessa faixa etária, cujos talentos artísticos muitas vezes passam despercebidos. As inscrições no concurso vão até 6 de setembro, através do site extensao.usp.br/usp60, onde também está disponível o regulamento completo.

Esta edição do concurso se divide em dois eixos: a) Artes Visuais, que incluem desenho, escultura, fotografia, gravura e pintura, e b) Literatura, com trabalhos de poesia e prosa (conto e crônica). Os inscritos na primeira categoria concorrem a um curso de fotografia na Unibes Cultural, enquanto os da segunda podem ser premiados com a publicação de um e-book. Todos os selecionados integrarão uma exposição virtual.

As produções serão avaliadas por uma comissão julgadora que tem trabalhos significativos na área, e os resultados serão divulgados em 22 de outubro. Em 3 de novembro, acompanhada por um sarau e pela cerimônia de premiação, será inaugurada a exposição dos trabalhos, que vai até 18 de fevereiro de 2022. A participação é gratuita e não há nenhum pré-requisito além da idade mínima de 60 anos.

O Prêmio Arte e Literatura USP 60+ sucede os concursos fotográficos O Olhar do 60+, de 2019, e O Olhar do 60+ da Sua Janela, de 2020. Este último ocorreu completamente on-line, em decorrência da pandemia de covid-19.

Segundo o coordenador do programa USP 60+, o concurso foi importante para o público acima de 60 anos, que ficou particularmente recluso e carente de uma rede de suporte durante a pandemia. “O fato de terem um propósito, uma meta, de tirar uma foto, procurar o melhor ângulo, a melhor luz, o melhor enquadramento, foi muito importante para eles”, diz Dórea. Assim, o projeto permitiu que compartilhassem “as poesias que encontram no dia a dia, não necessariamente precisando sair de casa”. 

O coordenador afirma que a receptividade e o engajamento nos concursos têm aumentado. Além disso, a adaptação para o formato virtual foi exitosa, e o retorno foi “extremamente positivo”, em suas palavras. “Nós tivemos inscrições de todas as regiões do País, e a qualidade dos trabalhos foi muito bonita e elevada”, relata.

“Posteriormente à realização desse concurso, fizemos uma exposição no Instagram, em que associamos a foto à pessoa. Isso foi algo inovador para nós, e a receptividade foi muito boa, porque mostramos, além da foto, o artista. Então, a pessoa se sentiu representada e empoderada”, conta o coordenador. As imagens foram acompanhadas de reflexões dos autores sobre o momento. “Tivemos vários relatos tocantes em relação à importância da realização do concurso fotográfico naquele momento”, completa Dórea.

Exposição virtual de fotografias promovida pelo programa USP 60+ – Fotomontagem/Jornal da USP

Por conta desse impacto positivo, a nova edição do concurso busca contemplar outras formas de expressão artística. “Estamos tentando ampliar o número de pessoas que podem mostrar os seus trabalhos. Não mais somente aquelas que tenham vocação para a fotografia, mas também as que têm uma inclinação maior para outras formas de expressão artística e também para a literatura”, afirma Dórea. “Nosso propósito é de expandir cada vez mais, para tentar contemplar os talentos dessa população que tem muito o que mostrar.”

Não é de hoje que a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP abre espaço para as pessoas acima dos 60 anos. Desde 1994, por exemplo, ela oferece para esse público vagas em cursos regulares da Universidade e diversas outras atividades, como as culturais. Para Dórea, isso mostra a importância desse segmento para a Universidade de São Paulo.

“Em relação aos concursos, decidimos, há mais ou menos dois anos, mostrar o talento e a expressão artística dessas pessoas, que muitas vezes são invisíveis para nossa sociedade, pelo fato de não terem tido oportunidades ao longo do seu curso de vida de expressar essa habilidade”, diz o coordenador. “Elas conseguem isso através dos concursos específicos para a sua faixa etária, como este e os anteriores.” 

Serviço
As inscrições no concurso Prêmio Arte e Literatura USP 60+ vão até 6 de setembro, e devem ser feitas no site https://prceu.usp.br/usp60/o-premio-arte-e-literatura-usp-60/. No mesmo link estão disponíveis o regulamento e o calendário completo do concurso.

(*) Gabriela Caputo – redatora do Jornal da USP, publicada no dia 01/07/2021

Foto destaque: Banner de divulgação do Prêmio Arte e Literatura USP 60+ – Foto: Reprodução


https://edicoes.portaldoenvelhecimento.com.br/produto/arte-velhices-fragilizadas/

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3793 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento