Centenários e crianças: não tão diferentes

Tempo de Leitura: 3 minutos

Pesquisa realizada com centenários e crianças nos Estados Unidos revela estar com a família e férias são comuns, são as “melhores lembranças” para ambos os grupos. Disseram que uma alimentação saudável era importante para ficar bem, mas a verdadeira chave para a saúde é ter uma atitude positiva, foi o que a maior parte dos centenários respondeu.

Emily Gurnon *

 

centenarios-e-criancas-nao-tao-diferentesMais da metade das pessoas centenárias afirmaram que não se sentem velhas.

Noventa anos diferencia os grupos de centenários e crianças da quarta série em uma nova pesquisa. Mas além de serem um pouco menos familiarizados com Taylor Swift (“Quem?”, Perguntou um dos cavalheiros mais velhos), as pessoas de 100 anos compartilharam uma quantidade surpreendente de conhecimentos em comum com os mais jovens.

Ambos os grupos questionados como parte do anual de [email protected] survey da UnitedHealthcare, lançado recentemente, concordaram que a família é importante para eles, que eles prefeririam viajar ao redor do mundo do que para o espaço e que ir ao dentista era a atividade que menos gostavam.

Perguntados sobre o que diriam futuramente a si mesmos, aos 100 anos de idade, uma menina respondeu: “Faça o que quiser. Não deixe que sua idade a impeça de fazer o que você quer fazer”, frase registrada em um vídeo com os entrevistados e que o link está abaixo.

E, de outra menina, a frase: “Eu iria dizer para a mim, no futuro, ‘Você está linda!’”

Um homem de 101 anos de idade ao responder uma pergunta sobre quando as pessoas começam a ficar velhas disse: “Já que eu ainda não sou velho, eu não consigo responder isso”.

A pesquisa, agora em seu 10º ano, incluiu 100 crianças de 10 anos, assim como 100 pessoas que completaram um século. O último grupo era, em sua maioria, do sexo feminino (80 dos 100) e foram entrevistados por telefone. As crianças foram (naturalmente!) entrevistados online, com o consentimento dos pais.

Outros resultados

A pesquisa apresenta quatro outras descobertas fascinantes:

1 – Estar com a família e férias são comuns, são as “melhores lembranças” para ambos os grupos.

2 – Cerca de 21% dos centenários e 37% das crianças de 10 anos disseram que uma alimentação saudável era importante para ficar bem. Mas a verdadeira chave para a saúde continua sendo ter uma atitude positiva, foi o que a maior parte dos centenários respondeu.

3 – Mais da metade das pessoas centenárias afirmaram que não se sentem velhas.

4 – Os principais convidados da festa de jantar para as pessoas de 100 anos seriam Betty White, o presidente Barack Obama e o Papa Francisco. As crianças de 10 anos tinha uma inclinação mais musical, desejaram jantar com Taylor Swift, Katy Perry e Beyoncé.

Onde eles diferiam

Os entrevistados mais velhos e mais jovens diferiam em quatro grandes pontos:

centenarios-e-criancas-nao-tao-diferentes1 – 61% dos centenários se descreveram como “muito positivos”, enquanto apenas 44% das crianças de 10 anos disse a mesma coisa.

2 – Dois terços dos jovens já tiraram uma selfie, em comparação com apenas 1% das pessoas de 100 anos; 43% dos centenários não sabia, o que era uma selfie.

3 – Bonecos eram o brinquedo favorito da infância das pessoas de 100 anos (35% deram essa resposta). Para as crianças? Você adivinhou: videogames (32%).

4 – Centenários preferem almoçar com o presidente dos Estados Unidos (44%) do que ganhar uma medalha de ouro olímpica (35%). As crianças prefeririam vastamente a honra atlética (68%) do que jantar com o presidente (32%).

UnitedHealthcare conduz a pesquisa com o objetivo de para fornecer “uma ideia das vidas e estilos de vida dos americanos que viveram até os 100 anos, um dos segmentos que mais cresce da população dos Estados Unidos.

As entrevistas foram realizadas entre 19 de fevereiro e 4 de março de 2015 pela empresa de pesquisas Penn Schoen Berland.

Para ver um resumo executivo da pesquisa, clique aqui.

* Emily Gurnon é editora de Health & Caregiving. Tradução livre de Sofia Lucena. Fonte:  Acesse Aqui. Acesso em 15 de abril de 2015.

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3808 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento