Casa Frederico Ozanam: fé, refeição, remédio e carinho para os idosos

Teresina (PI) – “Antigo ditado que você deve aprender, fofoqueira, fofoqueira, deixe a vida dos outros, deixa os outros viver(…)”, versos como esse e outros de canções religiosas como: “Bendito e louvado seja, Bendito e louvado seja é o Santíssimo é o Sacramento”, preenchem os dias da aposentada Sebastiana Pereira da Silva, 80 anos, que vive há quatro anos, na Casa Frederico Ozanam, na rua Desembargador Pires de Castro, n° 2137, bairro Marquês, zona Norte de Teresina. A casa ampara idosos com moradia, alimentação e melhoria na saúde.

Caroline Oliveira

 

Dona Sebastiana é conhecida por sempre estar ao lado do Padre Tony Batistanas celebrações, ajudando a entoar o coral nas músicas religiosas. Ela disse que essa amizade começou antes mesmo de se mudar para a Casa Frederico Ozanam.
“Antes, eu morava sozinha, mas o Padre Tony sempre me chamava para cantar na rádio Pioneira ou nas celebrações e eu ia”, relembrou Sebastiana.

Depois que o marido e o filho morreram, a lavadeira aposentada disse ter ficado sob os cuidados de uma vizinha, identificada como Dona Netinha. Mas depois de sofrer um derrame, ela foi convencida a se mudar para a Casa Frederico Ozanam. A doença paralisou o lado esquerdo do corpo da idosa.

“Eu não queria vir, gostava de morava só, mas a minha vizinha achou melhor, porque ela tem cinco filhos para criar e eu estava muito debilitada. Só vim depois que ela chamou o Padre Tony e ele me convenceu que aqui era melhor, porque eu seria cuidada. E realmente eu sou”, diz com convicção.

Sebastiana enfatiza que a vizinha visitou vários abrigos para idosos e a Casa Frederico Ozanam foi a que ela achou a de melhor estrutura. Durante a entrevista, a anciã afirmou por diversas vezes o quanto gosta do tratamento que recebe dos funcionários e do presidente da Casa, Antônio Alves.

E enfatiza: “Aqui é bom, tem médico, enfermeira. Os funcionários tratam os velhos bem. Tem muita gente para ajudar. O seu Antônio trata os velhos com muita delicadeza, controla os empregados direito, orienta para eles não maltratarem os velhos. O seu Antônio e a Dona Lina são muito bons”.

Depois do derrame sofrido, dona Sebastiana perdeu o movimento do braço e da perna esquerdos. Em seguida, foi morar na Casa e, por isso, teve a oportunidade de tentar recuperar o movimento, com as seções de fisioterapia oferecidas aos idosos.
“Eu faço caminhada, bicicleta e exercício com a mão. Estou conseguindo até levantar o braço, olha! – fala mostrando que já pode erguer o braço esquerdo.

Depois de 8 décadas de vida, dona Sebastiana é um exemplo de vitalidade. Quando foi informada sobre o tema da Caminha da Fraternidade de 2008, concordou balançando a cabeça de forma afirmativa. “Ah, é verdade, a fé em Deus não deve falhar nunca. Por isso, gosto de ler a Bíblia. E sempre participo das orações na capela. Quando o Padre Tony vem aqui, ele me chama logo para perto dele. E para eu cantar as canções antigas da Igreja”.

Sua história tem semelhanças a de outros senhores e senhoras da terceira idade da Casa Frederico Ozanam, que recebem dignidade em forma alimentação e carinho, cuidados médicos e solidariedade cristã.

O abrigo só oferece essas condições graças ao apoio de entidades, pessoas físicas e campanhas como a Caminhada da Fraternidade que, juntos, fornecem recursos necessários para manter o bom funcionamento desta Casa e de outras instituições de caridade ajudadas pela Ação Social Arquidiocesana, a ASA.

“Nós atendemos 34 idosos dando refeição, remédio e carinho, 24 horas por dia e outros 20 de fora, que ajudamos de alguma maneira. Desde a 5ª Caminhada somos auxiliados pelos recursos angariados”, declara o presidente Antônio Alves.

E acrescenta: “Foi uma das melhores iniciativas que aconteceu em Teresina. Todos os anos ficamos torcendo e participando para que tudo dê certo, foi um instrumento bem-vindo e acatado pela cidade. Quando vejo aquela multidão pelas ruas, fico orgulhoso de ser teresinense e o importante é que os recursos realmente são destinados aos mais necessitados. Sei disso, porque conheço e acompanho de perto. A solidariedade é o maior bem que o ser humano pode ter de Deus”, finalizou.

Mais informações
Casa Frederico Ozanam funciona na Rua Desembargador Pires de Castro, n° 2137, bairro Marquês, zona Norte de Teresina. Telefone para contato: 3223-0018.
Principais necessidades: fraldas geriátricas, alimentos não perecíveis e atenção aos idosos.

Fonte: Cidade Verde, 13/6/2008. Disponível Aqui

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2406 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento