Campanha coração alerta

Tempo de Leitura: 2 minutos

Cerca de 10% dos pacientes iniciam um quadro de Infarto sem nunca apresentarem dor alguma ou com sintomas menos característicos, fato que é mais comum em diabéticos e em mulheres. Isso faz com que os médicos tenham preocupação ainda maior nestes dois grupos, que além de possuírem menor grau de sintomas são considerados pacientes de mais alto risco de gravidade.

 

 

campanha-coracao-alertaDe acordo com informações do site Coração Alerta, o infarto do miocárdio é consequência da obstrução de uma artéria coronária por um coágulo de sangue sobre a placa de gordura que estava em sua parede, impossibilitando assim, que uma quantidade suficiente de sangue chegue até aquela área do músculo cardíaco. A primeira pista de que a pessoa pode estar sofrendo um infarto é o grande desconforto causado por uma dor intensa sentida no centro do peito.

O cateterismo cardíaco (introdução de um cateter que caminha de uma artéria periférica até o coração para que haja injeções de contraste com o intuito de obter imagens em raio-x) é o tratamento mais eficiente para o infarto. Através das imagens é que se identifica a presença das placas de gordura e o local de obstrução da artéria.

Campanha

Por isso a SBHCI – Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista – e a SBC – Sociedade Brasileira de Cardiologia – uniram-se para promover a Campanha Coração Alerta, que visa informar a população sobre o infarto agudo do miocárdio.

Nós, do Portal do Envelhecimento, aderimos à essa Campanha pois acreditamos que ela pode esclarecer os sintomas e tratamentos, aumentar a procura rápida por atendimento e, ainda, orientar sobre os principais fatores de risco para a prevenção.

Assim como nós, faça parte dessa luta. Seja Coração Alerta, afinal, reduzir mortes por infarto integrando essa mobilização é uma atitude para todos.

Saiba mais

Para saber mais entre no Portal Coração Alerta (Acesse Aqui), que aborda com clareza o infarto do miocárdio e outros temas relacionados à saúde do coração. Além disso, o conteúdo é divulgado nas redes sociais: Facebook (Acesse Aqui) e Twitter (Acesse Aqui, @CoracaoAlerta).

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3671 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento