Ativen, aceleradora e consultoria focada nos 60+

A Ativen é uma empresa pioneira que oferece mentoria, consultoria e investimento em soluções para o universo do envelhecimento no Brasil.

 

Como surge uma empresa? Esta tem sido a pergunta norteadora da seção Empreendedorismo do Portal do Envelhecimento, que visa dar a conhecer os diversos negócios existentes hoje na área do envelhecimento humano, especialmente aqueles que têm uma dimensão social, como é o caso da Ativen, uma aceleradora e consultoria focada exclusivamente no atendimento de necessidades e desejos dos 60+.

Sergio Duque Estrada, Egidio Dorea, Frank Erwin, Luiz Cox, Daniel Andrade, Sergio Negro, Clea Khouri e Arnaldo Faissol, dentre outros, são os mentores da Ativen, que é na realidade, um braço da consultoria Valormax, dedicada a 1) identificação de startups que  apresentem soluções que atendam às necessidades dos idosos; 2) empresas que queiram entender o universo de inovação de produtos e serviços que começa a surgir sobretudo com as startups (brasileiras e estrangeiras);  3) atender empresas que queiram conhecer melhor o segmento 60+ e como se comunicar com ele adequadamente; 4) concepção de eventos voltados para disseminar o segmento 60+; e 5) elaborar pesquisas sobre os rumos do segmento 60+ no Brasil.

A fim de conhecermos os motivos que levaram ao surgimento da Ativen, assim como o que a empresa faz, o Portal do Envelhecimento entrevistou um de seus mentores, Sergio Werther Duque Estrada. Vamos à entrevista?

Sérgio, como surgiu a Ativen? 
A Ativen surgiu no final de 2016 como um grupo de profissionais de mercado financeiro e imobiliário que resolveram pesquisar o tema “moradias para idosos”. Verificamos o enorme gap que existe entre o Brasil e o exterior, já que a maioria dos nossos residenciais está aquém do padrão que encontramos em países europeus, nos Estados Unidos e no Canadá. Nossa ideia então era criar projetos imobiliários adequados aos diversos matizes de demanda da população de idosos no Brasil. Essa fase que foi até o início de 2017, nos deu uma boa percepção do universo da terceira idade no Brasil. Nesta ocasião, por conta de trabalho de reestruturação das atividades do ILC RJ, verificamos a existência de uma demanda reprimida por produtos e serviços voltados para a população 60+. Essa constatação, aliada ao nosso conhecimento de consultoria econômico-financeira e estratégica decorrente de nossas atividades na consultoria Valormax, e somada ao nosso contato com o Aging 2.0, rapidamente nos levou ao redesenho de nossas atividades, e a Ativen passou a ser uma aceleradora e consultoria focada exclusivamente no atendimento de necessidades e desejos dos 60+.

Conta para nós como a Ativen entende o envelhecimento?
Envelhecimento é um conceito amplo, pois é um processo que começamos ao nascer. Nosso foco é na população 60+ brasileira, que, apesar de sua relevância demográfica e econômico-financeira, ainda está mal percebida tanto pelo setor público (instituições), quanto privado (empresas), e consequentemente não vê suas demandas atendidas a contento. Almejamos tornar a voz dos idosos mais audível, até pelas suas parcerias com o ILC (Centro Internacional de Longevidade Brasil), com a Universidade Aberta para a Terceira Idade, e com o Aging 2.0 São Paulo.

Qual foi a maior dificuldade encontrada na Ativen? 
Hoje e “ontem” a dificuldade é convencer as pessoas que envelhecer é parte de viver, e combater o etarismo (ou idadismo), um tipo de discriminação contra pessoas ou grupos baseado na idade, e fazer com que entendam que o Brasil não é mais o país jovem que todos ainda acreditam ser – ao contrário, a taxa de crescimento de nossa população idosa cresce mais rapidamente que a dos países desenvolvidos.

E quais são os projetos para o futuro da Ativen?
Dar seguimento a todos os nossos serviços, tanto para startups quanto para empresas e expandir nossa atuação para outras regiões do país, sem falar dos links que queremos estabelecer com empresas estrangeiras.

Serviço
Ativen – www.ativen.com.br

Foto de destaque de @rawpixel

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2419 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento