Aposentadoria por vontade própria é a melhor maneira para se aposentar

Tempo de Leitura: 2 minutos

Estudo realizado na Holanda em um período de seis anos e com mais de 1.300 assalariados revela que as pessoas que escolheram se aposentar por vontade própria tiveram uma maior satisfação com sua vida do que aquelas que se afastaram do mundo do trabalho por outros motivos ou daqueles que continuaram na ativa. Pessoas que perderam um cônjuge ou se divorciaram durante o tempo do estudo também experimentaram uma sensação reduzida de satisfação com suas vidas.

aposentadoria-por-vontade-propria-e-a-melhor-maneira-para-se-aposentarAposentadoria por vontade própria é uma escolha muito boa, como foi sugerido por um estudo recente com mais de 1.300 trabalhadores holandeses, realizado por Douglas Hershey e Kene Henkens, e publicado no The Gerontologist (2013, 54, 232-244). O estudo foi executado durante um período de seis anos, durante o qual cerca de 50% dos trabalhadores se aposentaram. A primeira constatação importante foi que as pessoas que se aposentaram classificaram suas satisfações de vida como maior do que aqueles que permaneceram no trabalho.

Durante o estudo, a satisfação das pessoas que continuaram com o trabalho diminuiu. Os pesquisadores especularam que este grupo de funcionários poderia se aposentar, mas não podia, possivelmente devido a considerações financeiras. Uma segunda descoberta importante foi que aqueles que tinham se retirado involuntariamente foram os menos satisfeitos com suas vidas.

Aqueles que haviam se aposentado por causa da saúde, ou por outras razões, experimentaram um decréscimo na satisfação com sua vida.

Aqueles que tinham se aposentado voluntariamente foram os que mais se manifestaram satisfeitos com suas vidas. Não surpreendentemente, ao longo do estudo, mudanças na saúde afetaram o nível de satisfação com a vida. Também importante foi o estágio de sua vida íntima. Pessoas que perderam um cônjuge ou se divorciaram durante o tempo do estudo também experimentaram uma sensação reduzida de satisfação com suas vidas.

Os pesquisadores também sugerem que a redução da satisfação com a vida após a aposentadoria involuntária pode ser de curta duração. Uma vez aposentado, com todos os potenciais de oportunidades oferecidos pela reforma, a percepção de satisfação com a vida pode se recuperar. Os empregadores que têm o poder de acabar com o emprego para os seus trabalhadores devem ser sensíveis às fases de transição e oferecer maneiras de suavizar o caminho para uma vida sem trabalho.

Planejamento de pré-aposentadoria é um programa possível para ajudar os funcionários a encontrar o momento certo para se afastarem do trabalho. Outras iniciativas organizacionais podem permitir que os aposentados se envolvam em programas de tutoria para os trabalhadores mais jovens, bem como outros tipos de atividades de serviços sociais que beneficiam a empresa ou a comunidade.

Extraído do site taosinstitute, acesse Aqui

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3746 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento