Apoiando o cuidador familiar

Histórias que destacam a importância do suporte social a fim de dar qualidade de vida a todos, mas principalmente aos cuidadores de entes queridos. Nos Estados Unidos não existe a figura da “empregada doméstica” que aqui acaba assumindo os cuidados de alguma pessoa mais velha ou para a criança para a família onde trabalha. Se existe é caríssima, e não é bem visto na maioria dos estados norte-americanos.

Dhara Lucena *

 

apoiando-o-cuidador-familiarCriado em 2000, o Programa Nacional de Apoio do Cuidador Familiar existente nos Estados Unidos é exemplo de um serviço de suporte social público que o governo brasileiro poderia implementar para apoiar os muitos cuidadores familiares deste Brasil afora. O programa dá cuidadores e assistência necessários para ajudar os cuidadores familiares a continuarem a prestar cuidados para seus entes queridos, idosos ou não.

Reproduzimos a seguir algumas histórias (os nomes são fictícios) que destacam a importância desse suporte a fim de dar qualidade de vida a todos, mas principalmente aos cuidadores de entes queridos. É bom lembrar que nos Estados Unidos não existe a figura da “empregada doméstica” que aqui acaba assumindo os cuidados de alguma pessoa mais velha para a família onde trabalha. Se existe é caríssima, e não é bem visto na maioria dos estados norte-americanos.

A primeira história é de Eric e sua esposa, Jodi, que cuidam da mãe de Eric, uma senhora de 91 anos de idade, chamada Darlene, por quase cinco anos. Darlene tem certas condições médicas que requerem a presença de alguém com ela em todos os momentos. Eric, Jodi, e outros membros da família se certificam para que Darlene nunca esteja sozinha.

Quando a filha de Eric agendou seu casamento, Eric ligou para o programa de apoio do cuidador, pois estava preocupado, achando que não seria capaz de ir ao casamento por causa de sua mãe que não poderia ser deixada sozinha. Depois de falar com um coordenador sobre suas opções, Eric solicitou um serviço do programa. Como resultado, a família saudou uma ajuda temporária para ficar com Darlene para que os outros membros da família pudessem ir ao casamento.

Em julho, a filha de Eric, Lindsey, se casou ao ar livre com uma linda cerimônia. Eric não só a levou até o altar, como também dançou com ela. Nas palavras de Eric, “Essa dança de pai e filha foi a experiência mais incrível e emocionante da minha vida.”

O programa de apoio do cuidador ajuda cuidadores em tudo o que fazem. Eric diz que ele teve a sorte de saber sobre Montachusett Home Care Corporation. Usar seu programa de apoio aliviou suas preocupações em relação a deixar sua mãe temporariamente; porque ele sabia que um indivíduo treinado estava cuidando de Darlene na sua ausência. Eric e Jodi foram felizmente capazes de relaxar e aproveitar o casamento.

Montachusett Home Care Corporation (MHCC) é uma agência sem fins lucrativos, criada em 1974, que tem como missão ajudar os idosos e pessoas com deficiência a permanecer em segurança em suas próprias casas através da prestação de serviços domiciliários e serviços com base na comunidade. A área de serviço da agência inclui 21 comunidades do norte de Worcester County. O financiamento dos serviços e programas oferecidos vem dos governos federal, estaduae e local, bem como de fundações e organizações privadas.

O apoio de uma avó faz a diferença

Laura é uma avó solteira que vive em New Hampshire e trabalha em tempo integral. Ela teve a custódia de sua neta de sete anos durante cinco anos. A mãe da criança é uma usuária de drogas e álcool e até usou as substâncias durante a gravidez. Laura tem ordens de proteção para impedir a mãe, pai e avós paternos de tomar sua neta. Felizmente, a criança frequenta uma escola que garante a segurança da menina e só a libera para Laura.

Devido às circunstâncias graves, Laura mantém sua neta em um programa pré e pós-escola, possível por meio do Programa Nacional de Apoio do Cuidador Familiar. Os fundos suplementares do programa também ajudam na compra de uniformes e materiais escolares muito necessários. A neta de Laura recebe o mínimo de ajuda do Estado, mas nem dá para cobrir suas necessidades. Os pais e outros avós da criança não a ajudam financeiramente.

O apoio do programa tem causado um grande impacto na capacidade de Laura para manter sua neta segura, e bem. Laura ama sua neta, e a vê como uma bênção. A concessão do cuidador que a ajuda a vestir e cuidar de sua neta é uma bênção também, pois segundo ela, faz toda a diferença em sua vida.

* Dhara lucena é estudante e colaboradora do Portal do Envelhecimento. Saiba mais Aqui

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2469 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento