Aluguéis baratos para jovens em ILPIs finlandesas

O projeto-piloto intergeracional executado pela cidade de Helsínquia começou recentemente e fornece alojamento barato para pessoas com menos de 25 anos na comunidade de idosos Rudolf por um ano. A única condição é que eles deem um mínimo de três a cinco horas do tempo deles para ajudar os seus vizinhos idosos toda semana.

Eoghan Macguire *

 

alugueis-baratos-para-jovens-em-ilpis-finlandesasQuando o pai de Emil Bostrom deixou Helsínquia para trabalhar no exterior, o professor de jardim de infância de 23 anos foi deixado na posição complicada de ter de encontrar um lugar novo para viver na cara capital finlandesa.

Inicialmente, ele persuadiu parentes e amigos a aceitá-lo por um curto prazo de tempo. Mas isso tornou a “vida normal” difícil.

“É uma cidade muito cara para se viver,” Bostrom explica por e-mail. “Se você conseguir ter um apartamento que a cidade possui, pode ser bastante acessível. Mas a quantidade de candidatos para os apartamentos é tão alta que a lista de espera leva uma eternidade”, acrescenta.

O estagiário chefe de dezenove anos de idade, Jonatan Shaya, se viu em um dilema semelhante quando sua mãe e irmão decidiram sair de Helsínquia. Encontrar um lugar para si era “difícil quando há tantas pessoas que procuram pela mesma coisa”, lamenta.

Foi a mesma história para Veera Dahlgren de 18 anos de idade, que diz estar frustrado com suas tentativas de sair do apartamento apertado de sua família.

No entanto, Bostrom, Shaya e Dahlgren têm uma oportunidade que esperam pôr fim a todos os seus problemas de habitação. Os três são os primeiros participantes do esquema “Oman Muotoinen Koti” (a casa que se encaixa).

O projeto-piloto executado pela cidade de Helsínquia começou recentemente e fornece alojamento barato para pessoas com menos de 25 anos na comunidade de idosos Rudolf por um ano. A única condição é que eles deem um mínimo de três a cinco horas do tempo deles para ajudar os seus vizinhos idosos toda semana.

De acordo com Miki Mielonen, um representante do departamento de jovens da Cidade de Helsínquia, a ideia é evitar a moradia de rua e ajudar os jovens a encontrar uma estabilidade com acomodações a preços razoáveis. Também pretende-se trazer “benefícios sociais” para os idosos da comunidade.

Na Finlândia há uma forte tradição dos jovens para sair da casa dos seus pais cedo, praticamente em torno dos 18 anos.

Incentivar a intergeracionalidade

Oman Muotoinen Koti tem a sua inspiração a partir de um projeto semelhante na cidade de Deventer, na Holanda. O sistema holandês oferece alojamento gratuito para estudantes universitários e visa incentivar a interação social com os idosos para ajudar a afastar os efeitos do isolamento na velhice.

Embora colocando mais ênfase no aspecto da habitação de baixo custo, o governo de Helsínquia fez questão de adaptar a ideia para os seus próprios fins. Helsínquia tem experimentado um rápido crescimento populacional nos últimos anos de acordo com dados do governo local. O site Global Property Guide, por sua vez, classifica Helsínquia como a décima sexta cidade mais cara do mundo para se alugar um imóvel. A cidade está até acima de Genebra, Roma e Nova York.

A proposta Oman Muotoinen Koti foi tão popular que quando um anúncio de requerimento foi postado no Facebook no ano passado, mais de 300 pessoas se inscreveram. De acordo com Bostrom, não é difícil descobrir porque o programa foi tão altamente subscrito. Os apartamentos de 23 metros quadrados dispõem de um banheiro, um espaço de armazenamento, uma cozinha e uma varanda.

“Eu realmente não vejo qualquer diferença entre este apartamento e outros apartamentos que eu vi, exceto talvez para a varanda, que é a mais agradável”, diz Bostrom. “A principal diferença é o preço.”

Aluguel na comunidade de idosos chega a 250 euros por mês. Isso é cerca de um terço do preço da renda média de um apartamento na cidade, de acordo com números do governo local.

Uma oportunidade, não uma tarefa

Todos os participantes dizem que estão dispostos a oferecer seu tempo com os idosos e vêem esta exigência como algo positivo do programa, em vez de uma tarefa. “Eles (os idosos) têm tantos anos de sua vida e têm tanta experiência”, diz Dahlgren. “Eu respeito isso se posso ouvir e se eles quiserem me contar algumas histórias.”

Mielonen acrescenta que a maioria das pessoas que foram entrevistadas queriam ficar mais do que as três a cinco horas com os mais velhos.

A combinação de competências detidas por aqueles que foram cuidadosamente selecionados após um processo de seleção rigoroso significa que eles serão capazes de

participar em uma variedade de atividades como aulas de música ou de cozinha, acrescenta.

É também uma experiência nova para os idosos em casa e que mais parecem ansiosos para fazer parte do projeto. “Uma senhora disse que espera que eles tragam algumas ideias modernas e que uma nova vida a este lugar porque essas pessoas velhas já não saem muito”, diz Mielonen. Mas ele acrescenta que é provável que haverá pelo menos alguns renegados idosos não muito felizes em compartilhar seus espaços com a nova geração.

alugueis-baratos-para-jovens-em-ilpis-finlandesas“Foi muito engraçado, quando estávamos entrevistando jovens tivemos uma pessoa de idade (que mora na comunidade), que disse que “você tem que lembrar que nem todas as pessoas velhas são agradáveis”. Esperanças permanecem elevadas, no entanto, as relações intergeracionais serão amplamente positivas.

“Eu acho que há um forte estereótipo na Finlândia com muitas pessoas que pensam que os jovens não gostam de pessoas velhas e vice-versa”, diz Mileonen. “Mas eu acho que é um dos estereótipos que vamos desmistificar.

“Eu sei que há muitos jovens que realmente querem estar com idosos. Quanto aos idosos, eles têm muita experiência e muito para dar, mas suas vidas sociais já não são muito ativas.

“Diferentes gerações vão se entender melhor.”

* Eoghan Macguire escreveu para a CNN. Tradução Livre de Sofia Lucena. Texto disponível Aqui

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2406 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento