Ajude quem já viu de tudo a voltar a enxergar bem

Tempo de Leitura: 2 minutos

Melhorar a visão de idosos que vivem em asilos e casas de apoio em Curitiba é o objetivo da campanha Melhor Idade, Melhor Visão, promovida pelo Instituto de Oftalmologia de Curitiba (IOC). Por meio desta ação, serão atendidas cerca de cem pessoas da terceira idade que já apresentam baixa na acuidade visual. O público também pode participar, fazendo sua doação de óculos e armações.

 

 

A campanha começou com eventos para coleta dos óculos e lentes e no Dia do Médico, 18 de outubro, toda a equipe de médicos, enfermeiros e demais funcionários do IOC estará envolvida em uma tarde dedicada exclusivamente a consultas com idosos atendidos pelos asilos São Vicente de Paula e Recanto Tarumã, além de membros da igreja Santa Madalena Sofia.

Após as consultas, os pacientes receberão os óculos ou, quando detectada a necessidade e a possibilidade de realização de cirurgia ocular, serão encaminhados para a realização de exames pré-operatórios. As cirurgias com implantação de lente intraocular, para correção de problemas como a Catarata – doença que atinge os pacientes normalmente a partir dos 60 anos – serão realizadas também de maneira gratuita. Após os procedimentos, a equipe médica do IOC vai realizar o pós-operatório e acompanhar a recuperação dos pacientes por meio de consultas.

Uma ação contra a catarata

As campanhas solidárias em prol da visão são realizadas pelo IOC desde o ano de 2003, tendo como beneficiados crianças, adultos e idosos em suas diferentes edições. Neste ano, o objetivo principal da ação é ajudar quem já viu de tudo a voltar a enxergar, já que a chegada da idade avançada – especialmente os 60 ou 70 anos – normalmente traz a baixa da acuidade visual, geralmente ocasionada pela catarata.

Essa doença consiste na perda progressiva da transparência do cristalino, a lente natural do olho, e se manifesta após inúmeras exposições ao longo do tempo – como aos raios solares, por exemplo. A catarata tem como primeiro sintoma a visão embaçada e, ao longo dos anos, pode levar à perda total da visão. Assim, quem desenvolve a doença normalmente não consegue realizar muitas das atividades do cotidiano ou manter hobbies como costura, bordado, leitura ou uso de tecnologias como a televisão e o computador.

Atualmente, a catarata atinge cerca de dez milhões de brasileiros acima de 60 anos, ou seja, a metade da população idosa do país. Apesar de estar cada vez mais facilitada, a cirurgia para correção desta doença ainda não está ao alcance de toda a população. Os procedimentos realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) utilizam técnicas que demandam internamento do paciente e um tempo maior de recuperação.

“Com a campanha Melhor Idade, Melhor Visão, o IOC pretende oferecer um tratamento mais avançado e com uma técnica de recuperação mais rápida aos idosos atendidos. Mas, mais do que isso, pretendemos chamar a atenção da população idosa sobre a importância de realizar consultas com seu oftalmologista para evitar o avanço ou até mesmo o desenvolvimento precoce da doença”, finaliza o médico.

Informações

Para obter maiores informações favor contatar o Instituto de Oftalmologia de Curitiba – IOC, localizado na Av. Getúlio Vargas, 1.500 – Rebouças (41) 3322-2020 ou pelo site: Acesse Aqui 

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 3962 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento

WhatsApp
LinkedIn
Share
Instagram