Vila Dignidade: moradia digna para idosos

O projeto está em vias de implantação na Vila Cecília, em Mogi das Cruzes e tem como objetivo construir casas para idosos que não possuem moradia própria. A verba aprovada para a realização da obra é cerca de R$83 mil por moradia e, de acordo com a presidente do Conselho Municipal do Idoso (CMI), Juraci Fernandes de Almeida, o local terá ao todo, 24 casas.

 

 

As exigências do projeto Vila Dignidade estabeleceu que o lugar para a construção das casas fosse plano, que tivesse uma área com mais de cinco mil metros quadrados e que estivesse próximo a postos de saúde, comércio, farmácias, tornando assim, o dia a dia dos idosos mais fácil.

Após cumprir diversas etapas e inúmeras reuniões entre a Prefeitura de Mogi e a Secretaria de Estado da Habitação, o projeto foi aprovado e o terreno doado pela Prefeitura está pronto para abrigar uma estrutura com 24 unidade, cada uma delas com sala e cozinha conjugada, dormitório, banheiro, áreas de serviço e local externo para jardim ou horta. A praça ficará no meio do condomínio e o centro de convivência será equipado com uma cozinha completa, televisão, mesas e cadeiras.

O projeto estabelece ainda que nenhum idoso tenha que pagar para morar na vila desde que ele seja capaz do sustento próprio.

“Geralmente eles recebem benefício, então poderão arcar com as próprias despesas, incluindo alimentação, vestimenta e, para as questões de saúde, utilizarão as unidades médicas mais próximas, por isso uma das exigências de ter postos de saúde por perto”, diz a presidente do CMI

A escolha dos idosos que irão habitar o lugar vai depender de alguns critérios, mas Juraci já adianta que serão contemplados aqueles que não têm família, moradia própria ou estão em casas que os colocam em situação de risco. Eles devem também ser autossuficientes, já que terão de fazer as tarefas cotidianas, como cozinhar e cuidar da casa.

O Estado irá entregar tudo pronto sendo que a construção ficará a cargo da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), cabendo ao município a administração local.

Mas Juraci não pára por aí, ele sonha ainda com outros projetos para a Vila Dignidade: “É obvio que quando a vila estiver pronta e com as pessoas morando, penso na possibilidade de ter atividades no local, como algo ligado ao esporte, assim como assistência social constante”.

Nós, aqui do Portal do Envelhecimento, ficamos na torcida para que esse projeto seja bem sucedido, e que sendo bem sucedido, possa ser copiado em todas as Prefeituras do País, sendo que cada uma, possa adequá-lo conforme as necessidades próprias da região. Mas já estamos felizes em fazer a nossa parte na divulgação de uma iniciativa como essa.

Fonte: Acesse Aqui Larissa Almeida

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 1764 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento