A vida mais longa nos ensina a ser mais criativos

A questão financeira é essencial para vivermos mais, porém o dinheiro está longe de ser o único componente com o qual devemos nos preocupar. A família, amigos, saúde mental, relacionamentos, prazer, propósito são todos de crucial importância. Isto só reforça a importância da necessidade de um Projeto de Vida, que contemple nossa Reinvenção.

 

O livro “Longevidade: os desafios e as oportunidades de se reiventar”, de Denise Mazzaferro e Renato Bernhoeft (Editora Évora), dois grandes colaboradores do Portal do Envelhecimento, é uma leitura esclarecedora que constrata com o jornalismo descontextualizado que se vem fazendo nas grandes mídias, como a capa da revista Exame, da editora Abril (12/01/2017). Nessa capa, diante da reforma da Previdência de Temer, a revista Exame disse aos brasileiros que vai ser bacana trabalhar até morrer, assim como Mick Jagger, dos Rolling Stones.

Os números previdenciários são destacados diariamente pelos mais diversos veículos de comunicação. Valores estes tão “tristes” e desesperadores que chegam a nos convencer que este é o grande desafio que a Longevidade apresenta aos indivíduos e sociedade.

Distraídos pela ênfase midiática em torno da questão previdenciária, esquecemos das outras variáveis, que estão diretamente relacionadas aos demais desafios que a Longevidade nos apresenta: os fatores financeiros e não financeiros – o lado econômico e o psicológico – o racional e emocional.

A questão financeira é essencial para vivermos mais, porém o dinheiro está longe de ser o único componente com o qual devemos nos preocupar. A família, amigos, saúde mental, relacionamentos, prazer, propósito são todos de crucial importância.

Isto só reforça a importância da necessidade de um Projeto de Vida, que contemple nossa Reinvenção. Teremos que nos reinventar, pensar fora da caixa, criar novas formas de trabalho, de prazer, aceitar novos desenhos de família, de moradia, de relacionamentos.

A Longevidade desafia e desafiará cada vez mais nossa criatividade. A vida mais longa nos ensinará esse exercício, num futuro breve a criatividade não será mais um atributo do jovem, será do velho que se Reinventa e Ressignifica todos os dias.

Falar de longevidade como fenômeno do século XXI é tocar em uma variedade de temas. Ao observarmos as projeções demográficas do Brasil e do mundo, nos confrontamos com desafios e oportunidades nas facetas do trabalho, moradia, acessibilidade, lazer, entre tantas outras. E como pensar nossa vida, cada dia mais longa, sem projetos, sonhos e objetivos?

O livro “Longevidade: os desafios e as oportunidades de se reiventar”, visa a provocação para que haja o início desse planejamento, e nada melhor do que nos inspirar em histórias de vida. Com essa intenção, a obra também conta com a contribuição de histórias de vida e reinvenção apresentadas por sete pessoas, quatro homens e três mulheres, todas trazendo a grandeza da vida e de suas possibilidades.

E o principal antídoto para encarar, de forma positiva, todo este conjunto de mudanças, comportamentais e biológicas, é desenvolver a arte e a capacidade de se reinventar permanentemente. Buscar, em cada etapa da existência, novos ou renovados significados para manter uma vida plena.

Saiba mais

O livro “Longevidade: os desafios e as oportunidades de se reiventar”, de Denise Mazzaferro e Renato Bernhoeft, está à venda on line na Saraiva, Cultura, Amazon e também no site da Editora Évora.

Foto: Ale Anselmi

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 364 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento