Uma boa saúde geral do idoso passa pela boca!

A importância da prevenção das doenças da boca e, especialmente, os cuidados com a dentição são hábitos importantes e devem ser cultivados até toda a terceira idade, pois contribuem em muito para uma maior longevidade e principalmente na qualidade de vida do idoso.

Raul Fernando Coutinho

A Odontogeriatria é uma especialização que começa ganhar espaço no campo da Odontologia, voltando-se especialmente para o tratamento dentário dos idosos, uma vez que nos dias atuais as pessoas envelhecem com mais dentes na boca, diferente de antigamente, quando ao menor sinal de algum problema, a retirada do dente problemático era o principal meio de sanar a dor.

As Ciências da Saúde identificam o idoso bem sucedido, em termos de saúde física pela manutenção, por toda vida, da dentição natural, saudável e funcional. Neste caso estão inclusos todos os benefícios de uma dentição sadia, tais como a estética, o conforto, a habilidade para mastigar, sentir sabor e falar. São aspectos que contribuem significativamente na nutrição e consequentemente na melhora da saúde geral e disposição das pessoas da terceira idade.

O aumento da longevidade do ser humano hoje é notável, sendo que em alguns países está acima dos 80 anos. Segundo o IBGE, no Brasil, a expectativa de vida também está evoluindo, já estando em torno de 76 anos, e imaginar que era de 40 anos no início do século passado…

Diversos fatores devem ser considerados no incremento da permanência dos dentes naturais até a 3a idade e dentre estes se destacam: – a descoberta da placa bacteriana e as medidas para atenuar os males advindos da falta do seu controle, bem como a restrição de dietas cariogênicas; o uso correto dos processos de remoção da placa como a escova, o fio dental e o limpador de língua, a utilização regular do flúor, e a visita periódica aos Dentistas a cada seis meses – e são fatores de grande contribuição para uma maior conservação dos dentes sadios.

Hoje em dia não existem impedimentos para o início de qualquer tratamento odontológico no paciente idoso saudável, e há uma enorme gama de tipos de tratamentos conservadores e restauradores oferecidos pela Ciência Odontológica, que visam recuperar por completo os arcos dentários, a estética e, principalmente, a função mastigatória dos pacientes. Inclusive a implantodontia que é um recurso que pode ser utilizado, com segurança em pacientes idosos.

Leia o artigo na íntegra Aqui