Seremos, em algum momento, todos vulneráveis!

A obra “Vulnerabilidade Humana e Envelhecimento: o que temos a ver com isso”, de Anna Cruz de Araujo Pereira da Silva, possui uma linguagem clara e objetiva, que mescla uma narração de cunho histórico com uma visão contemporânea sobre o direito humano à “velhice”.

Por Jarbas Vasconcelos*

 

Ao me questionar sobre as diversas “vulnerabilidades” a que estamos sujeitos, fui instigado, com as páginas do presente estudo, a perceber que nesse mundo de complexas relações de disputa e poder, somos e/ou seremos, em algum momento de nossas vivências, Todos Vulneráveis.

Esta é uma obra singular, produto de uma pesquisa que buscou investigar as inúmeras rupturas (vulnerabilidades) presentes no panorama social, mas focalizando um grupo social específico: os idosos. A autora transcende o campo teórico-conceitual e se debruça pelas vivências e inquietações dos idosos, verificando a situação especial que circunda o fenômeno do “envelhecimento”.

E ao abordar a categoria dos idosos, a obra traz a baila uma discussão de caráter antropológico-legal acerca da considerada “velhice”, evidenciando a dificuldade em se traçar um corte etário para se determinar um ser humano “idoso”.

É um estudo deveras inovador e instigador, traz consigo a relação entre valores humanos e o entendimento da ideia de dignidade, conduzindo o (a) leitor (a) a reformular suas conjecturas sobre classes, minorias, Direitos Humanos, bem como apresenta uma visão político-social dos grupos existentes. Para tanto, a obra possui uma linguagem clara e objetiva, que mescla uma narração de cunho histórico com uma visão contemporânea sobre o direito humano à “velhice”.

A obra que ora apresento seguramente encontra seu propósito, comum aqueles que pesquisam fenômenos e categorias: compreender não somente a emergência de novos conceitos, como a “vulnerabilidade humana”, e sua relação com os grupos sociais, mas refletir, de maneira interdisciplinar, sobre a essência dos fatos/processos da/na sociedade, repousando-se sobre uma análise crítica dessas questões, sempre tendo em mente que o conhecimento cientifico não emerge sozinho, ele necessita, constantemente, dialogar com as novas inquietações dos grupos sociais e suas várias formas de manifestação.

*Jarbas Vasconcelos – Ex presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Pará


 

 

VULNERABILIDADE HUMANA E ENVELHECIMENTO
Formato: 16 x 23
Tamanho: 220 páginas
Papel: pólen 80g
Preço: R$ 39,90

ADQUIRA JÁ O SEU: Loja do Portal Edições

 

 

Brinde da Editora Portal Edições – Durante o mês de junho o livro Labirintos da Memória: Quem Sou? será encaminhado gratuitamente para quem pedir o livro impresso – Vulnerabilidade Humana e Envelhecimento: o que temos a ver com isso. A promoção não é cumulativa. Será encaminhado um livro por pessoa. Esta é a melhor forma de adquirir conhecimento e contribuir com nossos esforços para levar até você as pesquisas mais recentes e significativas na área do envelhecimento. A Portal Edições não vende livros, dissemina conhecimentos para um longeviver de bem com a vida.

 

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 306 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento