Quem cuidará de nós? Ameaça de fechamento ao Centro-Dia do Idoso

A Sra. Marta Suplicy pergunta em artigo na Folha de São Paulo de 23 de julho de 2011: Quem cuidará de voce? E diz: “Não existe atendimento adequado… Mais pessoas envelhecem e a família não dá conta… Falta qualificação… Precisamos acelerar soluções…”

Familiares da Associação dos Familiares e Amigos dos Idosos *

 

Quem-cuidara-de-nosEstamos falando de cuidados aos idosos. Nós, da Associação dos Familiares e Amigos dos Idosos (AFAI), concordamos com tais afirmações.

Nós, da AFAI, somos mantenedores de um Centro Dia de Idosos Fragilizados, cuidando destes idosos em período diurno, das 7:00h às 18:00h, de segunda a sexta-feira, na Al. dos Guatás, 1101, Planalto Paulista (SP). Somos uma Instituição de familiares sem fins lucrativos, com certificação do Conselho Municipal da Assistência Social número 1443-2008, ganhadores do Prêmio Talentos da Maturidade do Banco Santander na categoria Projetos Exemplares ano de 2010. Somos reconhecidos por Instituições de ensino como fonte de aprendizado e pesquisa nos cuidados ao idoso fragilizado, gerando conhecimentos.

O nosso Centro Dia do Idoso Fragilizado foi fundado no dia 26 de setembro de 2005 para cuidar de idosos semidependentes (fragilizados). Temos em nossas famílias idosos com Alzheimer, sequels de AVC, isolamento social e outras patologias, com uma média de idade de 83 anos.

Cuidamos de 20 idosos nesta casa e suas respectivas famílias, as quais precisam fazer suas atividades diurnas e não têm entendimento do que é este processo de envelhecimento. Nós não somos uma residência comum, somos uma residência multifamiliar de moradia diurna, mas sempre uma residência.

Entretanto, não foi assim que nos classificou a Sociedade dos Amigos do Planalto Paulista, com sede a Al. Dos Ubiatans, 225, que nos denunciou como um negócio irregular pedindo o nosso fechamento em virtude da lei de zoneamento porque a área é de uso residencial.

Não procuraram saber do que se trata. Afinal, é a lei … Os agentes fiscais e a Subprefeitura não aceitam ponderações, é a lei… “Interdite-se e fechem esta casa, vocês tem cinco dias para sair”. Nos dão cinco dias para encontrarmos outro lugar. Isto não é ajudar a resolver a questão dos idosos fragilizados.

A nossa casa não se enquadra em nenhum código existente. O nosso idoso fragilizado não existe perante as Políticas Públicas. Isto está sendo estudado pelas Secretarias: Saúde, Assistência Social, Desenvolvimento Social, Direitos Humanos, etc… Ninguém quer assumir ou cuidar de idosos fragilizados/semidependentes, com as mais variadas demências e patologias. A família sozinha não consegue cuidar desses idosos com qualidade e dignidade.

Vamos continuar com nossa luta por lugares adequados para atendimento a todos idosos. Convidamos a Sociedade de Amigos do Planalto Paulista a conhecer a nossa casa para depois, se ainda acreditar em “uso irregular do imóvel”, denunciar…

Senhores julgadores, Prefeito, Subprefeito da Vila Mariana, Poder Público em geral, ofereçam alternativas. Interditar é o mais fácil. O Estatuto do Idoso, Lei n. 10741 de 1o de outubro de 2003 , capítulo IX, Art. 37, diz: “O idoso tem direito a moradia digna, no seio da família natural ou substituta, ou desacompanhado de seus familiares, quando assim o desejar, ou ainda em instituição pública ou privada”.

Porque não regulamentar a lei? Façam uma parceria conosco.

Este desabafo é de familiares que há 6 anos lutam para dar dignidade e qualidade de vida para aqueles que já estão fragilizados e não conseguem mais realizar suas atividades de vida diária sozinhos e também não estão conseguindo tocar as suas próprias vidas adiante. Quem vai cuidar de Você?

Quem vai cuidar de Nós? Temos alternativa?

Quem são?
Em comunicado enviado à imprensa, os familiares explicam quem são: “Somos um grupo de familiares que, diante de uma situação comum e da não existência de equipamentos sociais de apoio e amparo de idosos e familiares, resolveram criar uma casa que acolhesse seus idosos no período diurno com todos os cuidados relativos à manutenção de suas atividades de vida diária e de suas capacidade funcionais. O Centro-Dia de Cuidados ao Idoso tem capacidade para atender até 20 idosos”.

A AFAI – Associação dos Familiares e Amigos dos Idosos é uma instituição sem fins lucrativos que mantém a administra o Centro-Dia de Cuidados ao Idoso (CDCI) desde setembro de 2005, tendo como missão promover a melhoria da qualidade de vida e integração social de idosos semi-dependentes, em período diurno, através de atividades sócio-recreativas e terapêuticas apropriadas.

Assim, a AFAI atende a uma demanda da comunidade no sentido de oferecer um equipamento social alternativo ao asilamento para idosos com dependência parcial e com necessidades de assistência multiprofissional, evitando a exposição dos idosos a situações de risco em seus domicílios tais como acidentes, violência e depressão, em período diurno das 7 às 18 horas, de segunda a sexta-feira.

A Associação dos Familiares e Amigos dos Idosos mantém e administra o Centro-Dia de Cuidados ao Idoso com as contribuições mensais dos familiares dos idosos; com o trabalho de familiares voluntaries que realizam tarefas administrativas e operacionais; trabalho de voluntário de profissionais d area da saúde, administrativa, lazer e entretenimento; com eventos beneficentes; e doações em alimentos, roupas e utensílios.

Toda a arrecadação é revertida para a manutenção do Centro-Dia de Cuidados ao Idoso de forma a reduzir os custos e oferecer como benefício aos familiares um tratamento digno a seus idosos no período em que eles se dedicam aos afazeres diários.

Para os familiares, a realidade é triste: “O idoso fragilizado está excluído das políticas públicas. Precisamos mudar este quadro. Ajude-nos na luta para a criação de políticas públicas que ajudem a população idosa e suas famílias!”.

Apoio
O geriatra Sérgio Paschoal, ue atua na Secretaria Municipal de Saúde – Área Técnica Saúde do Idoso / CODEPPS em nota divulgada pelas redes sociais assinala o seguinte:

“Os Centros-Dia são equipamentos fundamentais para idosos dependentes que, ainda contam com certo apoio familiar, mas este não consegue ser integral, pois os familiares precisam exercer outras atividades que não o cuidado (trabalhar, por exemplo).

Fundamentais para idosos que necessitam de supervisão e cuidados constantes, mas os familiares não dispõem, nem de tempo, nem de dinheiro, para prover tais necessidades. Se tiverem um local, onde passar o dia, ou uma parte do dia, aos cuidados de uma equipe especializada, com alimentação, inclusive, seus familiares poderão exercer as atividades necessárias, ficando tranquilos quanto aos cuidados que seus idosos recebem.

Pouquíssimos equipamentos desses existem na cidade de São Paulo, nenhum público. A AFAI é mantida por uma ONG de familiares e seus usuários são, principalmente, portadores de Alzheimer. Agora receberam uma ação de despejo do local onde mantêm o Centro-Dia. Estão em local puramente residencial. Qual a solução? Simplesmente fechar?

Precisamos envidar esforços, para construir alternativas (públicas, principalmente) que respondam às necessidades dessa população. Ainda têm família, que os acolherá em determinados períodos do dia e, portanto, ainda não precisariam ser institucionalizados, caso existissem Centros-Dia.

Que resposta o SUS dá a esses cidadãos?

Vamos nos empenhar, para construir tais alternativas.

*Familiares da Associação dos Familiares e Amigos dos Idosos: Edelmar Ulrich, Miyoko Obara Ulrich, Alberto Heizo Horita, Renate Brunckhorst, Maria Graciela Farias Ferreira, Marilia Rabelo Teixeira, Maria Alice Leão Silveira Grossi, Maria do Carmo Copelli. O Centro-Dia de Cuidados ao Idoso, mantido e administrado pela Associação dos Familiares e Amigos dos Idosos (AFAI) está localizado na Alameda dos Guatás, 1.101 – Planalto Paulista – São Paulo – Capital CEP: 04053-042. Tel: (011) 2532-3803 / 5072-0261. E-mail: afaicdi@hotmail.com. Homepage: Acesse Aqui 

PDF do documento: Acesse Aqui 

 

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 1764 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento