Portugal: bolsa de ideias para o envelhecimento

As primeiras propostas foram apresentadas em meados de agosto aos dirigentes nacionais e diocesanos da Cáritas (instituição oficial da Conferência Episcopal Portuguesa para a promoção e dinamização da ação social).

 

O grupo de trabalho, coordenado pela ex-deputada Maria do Rosário Carneiro, estudou as questões do envelhecimento em Portugal e decidiu criar uma “bolsa de ideias” – projetos inovadores – tendo em conta as necessidades e os recursos disponíveis nas várias estruturas da Igreja Católica.

Prioridades

– colocar em rede as capacidades disponíveis, com algum alvará de experiência – pelo menos 20 anos – que possam encontrar, em nível nacional e internacional, empresas que necessitem dessas competências específicas, explicou Rosário Carneiro à agência Ecclesia.

– reforço da dimensão formadora, para que se ajudem as pessoas a perceber que “o envelhecimento é algo natural na vida de todo o indivíduo”.

– integração de parcerias e sensibilização da comunidade para “trocar ideias em comum”, uma “riqueza tremenda” que pode levar à “criação de postos de trabalho”, explica a ex-deputada.

Segundo a Agência Ecclesia, o programa proposto pelo grupo da Cáritas prevê uma presença na internet, para chegar a um maior número de pessoas e recolher novas perspectivas, convidando os interessados a identificarem e divulgarem as “boas práticas”.

A iniciativa desenvolve-se no âmbito do Ano Europeu do Envelhecimento Ativo e Solidariedade entre Gerações, que acontece desde janeiro.

Referências

PEDRO, F. (2012). Cáritas estuda ideias inovadoras para idosos. Disponível Aqui. Acesso em 30/07/2012.

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 306 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento