O Alemão Veio nos Visitar

O Alemão Veio nos Visitar é o mais recente livro da editora Portal Edições, a ser lançado no início de dezembro. Trata-se de uma obra de ressignificação da dor inicial quando a autora se debatia com o diagnóstico. Leitura leve, hilária em muitos momentos, mas com profunda consciência e indignação em muitos dos relatos, nos fazendo refletir seriamente do quanto ainda engatinhamos na gestão de portadores, cuidadores e familiares da Doença de Alzheimer e síndromes similares.

Por Adriano Gordilho (*)

 

Embora fosse dezembro, fazia frio ao subirmos a serra que nos levaria à cidade de Gramado. Não era uma excursão turística usual, mas uma extensão terapêutica da nossa clínica em levar pacientes e familiares a uma experiência de prazer, convivência e estímulos, apesar do diagnóstico-sentença que algumas famílias haviam recebido: Demência de Alzheimer.

Sentada ao lado de Mamy, Rosana se debatia em pensamentos e indagações. Havia pouco tempo que lidava com o diagnóstico, e a angústia a tomava em perguntas sobre o que aconteceria, a ansiedade natural que nos acomete diante de fatos de natureza crônica e irreversível. A cada falha de nossos amados pais que nos criaram, educaram e exerceram uma gama de impactos afetivos, tanto positivos como disfuncionais em nossas vidas, assomam nesse momento de forma confusa, conflitiva e muitas vezes com uma tríade comum de compaixão-raiva-culpa, que muitas vezes transformam o cuidar em uma desastrosa experiência.

Ao ler O Alemão Veio nos Visitar, deitado na minha varanda, na idílica praia de Cacha-Pregos, deparei-me com uma obra fantástica de ressignificação da dor inicial quando a autora se debatia com o diagnóstico.

Leitura leve, hilária em muitos momentos, que me fizeram dar gargalhadas demoradas, mas com profunda consciência e indignação em muitos dos relatos; do quanto nossa sociedade está despreparada para lidar com o envelhecimento humano em si, e menos ainda com idosos frágeis e vulneráveis por serem portadores de síndromes demenciais. Sua visão de quanto o sistema de saúde pode ser um sério complicador e fator de estresse e sofrimento para pacientes e familiares nos faz refletir seriamente do quanto ainda engatinhamos na gestão de portadores, cuidadores e familiares da Doença de Alzheimer e síndromes similares.

De filha assustada a filha mergulhada e envolvida, que usou de seus dons infusos do amor filial, e dos dotes de sua vocação de engenheira, surge uma bela lição de vida e um testemunho de sofrimento levado com humor, inteligência e criatividade, que creio será um forte aliado para profissionais, familiares e cuidadores que se envolvam na leitura deste livro.

Detinha continua “gostosa” (vocês vão entender porquê), e a Rosa (como chamo a autora), mais “gostosa” ainda, com uma maturidade forjada na dor, mas banhada no humor e no amor!

(*) Por Adriano Gordilho – médico geriatra e Diretor Científico da ABRAz Bahia. Este texto faz parte da apresentação do livro O Alemão Veio nos Visitar.

 

O Alemão Veio nos Visitar
Acolhendo o visitante indesejável
Formato: 14 x 21
Tamanho: 138 páginas
Papel/capa: cartão duplex 250g
Papel/miolo: pólen 80gr
Preço: 39,90

RESERVE JÁ O SEU: Loja do Portal Edições

Atenção: PRÉ-VENDA. os livros começarão a ser despachados a partir do dia 05/12.

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 352 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento