Centenários tiram novo RG nos postos Poupatempo

centenarios-tiram-novo-rg-nos-postos-poupatempoDados do Poupatempo mostram que 137 mulheres e 69 homens com mais de cem anos pediram a segunda via do RG em 2014. Nos primeiros seis meses de 2015, foram 80 mulheres e 37 homens. De janeiro de 2013 a julho de 2015, 17.149 pessoas com idade entre 90 e 100 anos tiraram novo RG. No mesmo período, foram 162.126 pessoas com idade entre 80 e 90 anos.

Redação: Portal do Governo do Estado *. Fotos: Divulgação Poupatempo

Este é apenas um dos números que chamam a atenção em um levantamento inédito sobre o perfil etário dos idosos que atualizaram o RG nos 66 postos Poupatempo no estado de São Paulo desde 2013.

Considerando a faixa acima dos 70 anos, o número passou de 110,1 mil nos primeiros sete meses de 2014 para 137,2 mil no mesmo período de 2015, um acréscimo de 25%. Em 2013, dos 179,6 mil idosos com mais de 70 anos que pediram a segunda via do RG, 478 tinham mais de 100 anos. No ano de 2014, dos 218,5 mil com mais de 70 anos atendidos, 206 eram centenários.

As mulheres são maioria em todas as faixas acima dos 70 anos, e a proporção aumenta com o passar dos anos, ultrapassando o dobro do total de homens nas idades mais avançadas. No ano passado, foram 123,2 mil mulheres e 56,9 mil homens. Em 2013, foram 99,9 mil mulheres e 79,7 mil homens.

Exigência de novo documento

Os principais motivos que levam os idosos a providenciar a segunda via do RG são: a necessidade de documentos atualizados na hora de fazer a prova de vida no Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS); resolver questões referentes a imóveis e inventários em cartórios ou a contas bancárias nas instituições financeiras. Para evitar fraudes, bancos e cartórios exigem documentos atualizados (com menos de 10 anos) e em bom estado de conservação.

Desde maio de 2012, o INSS passou a exigir a renovação de senha e comprovação de vida de aposentados e pensionistas que recebem o dinheiro por meio de conta-corrente, poupança ou cartão magnético.

Cerca de 30,7 milhões de beneficiários em todo o país foram convocados para irem até a agência bancária portando um documento de identificação com fotografia (carteira de identidade, Carteira de Trabalho, carteira de habilitação, etc). Caso esteja impedido de ir à agência bancária, o beneficiário deve fazer a prova de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS.

Homens com mais de 65 e mulheres com mais de 60 anos são isentos da taxa de segunda via do RG (R$ 31,88). Os registros de atendimentos no Poupatempo mostram aspectos curiosos do envelhecimento da população. Confira alguns exemplos:

– 137 mulheres e 69 homens com mais de cem anos pediram a segunda via do RG no Poupatempo em 2014.

– Nos primeiros seis meses de 2015, foram 80 mulheres e 37 homens com idade acima de 100 anos.

– Deste janeiro de 2013 até julho de 2015, 801 pessoas com mais de 100 anos tiraram a segunda via do RG em São Paulo. Destes, 484 eram mulheres e 317 eram homens.

– De janeiro de 2013 a julho de 2015, 17.149 pessoas com idade entre 90 e 100 anos tiraram a segunda via do RG nos postos do Poupatempo.

– Desde 2013 até julho deste ano, 162.126 pessoas com idade entre 80 e 90 anos solicitaram a segunda via do RG nos postos Poupatempo.

– O total de idosos com idade entre 70 e 80 anos que pediu a segunda via do RG desde janeiro de 2013 até julho deste ano chegou a 465.442.

O tempo passa…

Aos 100 anos de idade, o aposentado Francisco Lopes esteve no Poupatempo Bauru para tirar a 2ª Via do seu RG. O seu ultimo documento, emitido em 1977, já não o identificava mais. Acompanhado das filhas Irene, Edina e Neide, ele mostrou muita disposição e simpatia durante o atendimento. A família precisava do documento atualizado para resolver questões no cartório e no banco.

centenarios-tiram-novo-rg-nos-postos-poupatempoDona Hilda Monteiro Terra de Souza, de 96 anos, esteve no Poupatempo Itapetininga para renovar o RG. A Carteira de Identidade que ela usava até hoje foi emitida em 07 de fevereiro de 1942, há 73 anos. Ela nasceu em São Miguel Arcanjo em 1919.

A dona de casa Elizabete Rodrigues Silva, de 57 anos, levou a mãe, Antonia Rodrigues, de 88 anos, para tirar a primeira via do RG no Poupatempo Itaquera. Nascida e criada em Mucamo, na região de Sobral, no Ceará, dona Antonia nunca havia tirado Carteira de Identidade. Aposentada por invalidez, ela só conseguiu o documento ao vir morar com a filha em São Paulo. O documento era necessário para prova de vida no INSS e para facilitar a identificação em consultas médicas.

O Poupatempo é um programa do Governo do Estado, executado pela Diretoria de Serviços ao Cidadão da Prodesp, empresa pública de Tecnologia da Informação.

Desde a inauguração do primeiro posto, em 1997, o Poupatempo já prestou mais de 457 milhões de atendimentos. Atualmente conta com 66 unidades de atendimento instaladas na capital, Grande São Paulo, interior e litoral.

* Acesse Aqui

Portal do Envelhecimento

Portal do Envelhecimento

Redação Portal do Envelhecimento

portal-do-envelhecimento escreveu 2388 postsVeja todos os posts de portal-do-envelhecimento